Tratamentos odontológicos

Radiografia panorâmica: tudo que você precisa saber

radiografia panorâmica

Os exames de imagem são auxiliares importantes na prática odontológica, sendo a radiografia panorâmica o exame mais solicitado pelos dentistas. Portanto, neste texto vamos descrever tudo que você precisa saber sobre radiografia panorâmica.

O que é a radiografia panorâmica odontológica?

Radiografia panorâmica

A radiografia panorâmica é uma técnica radiográfica extrabucal que permite a obtenção de uma única imagem tomográfica das estruturas faciais: maxila, mandíbula e estruturas de suporte.

Portanto, permite ao clínico uma ampla visão de todo o complexo mandibulomaxilar.

Atualmente chamada também de pantomografia ou ortopantomografia devido às novas técnicas aplicadas para a sua obtenção.

Qual a importância da radiografia panorâmica no diagnóstico?

Para a realização do plano de tratamento e diagnóstico é necessário a visualização das estruturas.

Esse tipo de exame permite a localização de vários achados radiográficos anatômicos e patológicos importantes com apenas uma incidência. Assim como permite uma avaliação completa e eficiente em várias áreas da odontologia como traumatologia maxilofacial, ortodontia, periodontia, implantodontia, prótese, entre outros.

Portanto, apresenta imagem extensa, revelando assim inúmeros elementos que seriam dificilmente observados em uma radiografia periapical convencional.

A radiografia panorâmica permite um examinar mais amplo da parte média-inferior da face, sendo assim permite a visualização dos grupos de dentes de ambas as dentições, em ambos os arcos, ao mesmo tempo.

Ortodontia

Em ortodontia, a radiografia panorâmica na fase da dentadura mista fornece um meio para visualizar o desenvolvimento dos dentes e evidenciar as possíveis anomalias dentárias.

Além de permitir um acompanhamento do tratamento e de possíveis alterações que possam surgir.

Observam-se as cavidades nasais, articulações temporomandibulares, osso mandibular e maxilar, identificam-se certas lesões, verifica-se o posicionamento intra-ósseo e o estágio de desenvolvimento dos germes dentários permanentes, além de facilitar o cálculo do estágio de reabsorção radicular dos dentes decíduos.

Assim como, possibilita avaliar a relação entre o dente decíduo e o permanente correspondente.

Importância resguardo legal

Sendo assim, a radiografia panorâmica é indicada no exame inicial para a avaliação e realização do plano de tratamento, mas também para resguardo legal do profissional, visto que permite o registro das etapas do procedimento. Assim como registra a evolução do tratamento.

Em quais situações solicitar uma radiografia panorâmica?

  • Avaliação ortodôntica
  • checagem de lesões ósseas, germes dentários ou dentes impactados;
  • procedimento prévio da cirurgia buco-maxilo-facial
  • como parte da avaliação do suporte ósseo periodontal
  • avaliação dos dentes terceiros molares
  • avaliação de fraturas maxilo-mandibulares
  • planejamentos pré-operatórios diversos
  • investigação e verificação de anomalias dentais, patologias, anatomia, entre outros
  • Avaliação de osteoporose

Como a radiografia panorâmica é feita?

Máquina radiografia panorâmica

A radiografia panorâmica é um exame extrabucal, ou seja, o aparelho de raios-x e o filme (quando utilizado) ficam fora da boca. Dessa forma, o aparelho radiográfico projeta, através da boca, um feixe sobre um filme ou um detector digital que gira em sentido contrário ao tubo de raios-x.

A cabeça do paciente é posicionada apoiando no queixo, na testa e nas laterais do rosto, e um bloqueador de mordida mantém a boca dele aberta.

Para obtenção da imagem, os braços do aparelho de raios-x giram em um semicírculo ao redor da cabeça do paciente, partindo de um lado dos maxilares e terminando no outro lado.

O exame dura em torno de 5 minutos.

Diferenças entre a radiografia digital e a dry filme

O uso de radiografia digital apresenta algumas vantagens com relação ao filme revelado.

Por exemplo, as repetições comuns da radiografia convencional são evitadas, a impressão pode ser feita em diversos tamanhos e quantidades e a imagem é disponibilizada no momento da tomada.

A radiografia panorâmica digital é mais econômica e agride menos ao meio ambiente, pois evita o uso dos fixadores que contaminam o solo em seu descarte. Além de apresentar uma imagem mais nítida facilitando o diagnóstico.

Quanto tempo demora para realizar a radiografia panorâmica?

O exame não demora mais do que cinco minutos para ser realizado. Porém, a análise das imagens e elaboração dos laudos é um pouco mais lenta. Geralmente, as clínicas pedem cerca de cinco dias úteis para entregar os resultados.

Se o seu caso for urgente, indique isso no exame, para que a clínica dê prioridade e elabore os laudos mais rapidamente.

Vantagens da radiografia panorâmica

Por se tratar de um exame extraoral é a mais aceita por todos os grupos de crianças.

Também apresenta outras vantagens quando comparadas ao exame radiográfico intra bucal periapical, por exemplo:

  • Possibilidade do exame dos arcos dentários em apenas uma única tomada radiográfica
  • a facilidade da execução da técnica e a baixa dose de radiação
  • Ampla visibilidade dos ossos faciais e dentes
  • Não causa desconforto ao paciente
  • Pacientes com dificuldades de abertura de boca;
  • Agilidade do processo

Porém, a radiografia panorâmica não substitui totalmente as técnicas radiográficas convencionais, pois apresenta menor grau de detalhamento da imagem radiográfica. Portanto, em casos em que se deseja detalhes é necessário utilizar outra técnica.

Qual o valor da radiografia panorâmica?

O preço cobrado para realização do exame, geralmente, fica entre R$ 120,00 e R$ 250,00.

Orientações e preparos para realizar o exame

Caso o paciente use algum tipo de acessório, orientar o pacienta que sejam removidos piercings da língua e da boca antes de fazer o exame

Geralmente, os técnicos em radiologia fazem essa solicitação para o paciente, para evitar interferências.

Conclusão

A radiografia panorâmica é uma técnica radiográfica extrabucal que permite a obtenção de uma única e ampla imagem tomográfica das estruturas faciais: maxila, mandíbula e estruturas de suporte.

As principais indicações são para avaliação ortodôntica, checagem de lesões ósseas, germes dentários ou dentes impactados; procedimento prévio da cirurgia buco-maxilo-facial, planejamento em geral.

Portanto, apresenta imagem extensa, revelando assim inúmeros elementos que seriam dificilmente observados em uma radiografia periapical convencional.

O valor cobrado para realização do exame é entre R$ 120 e R$ 250. Com realização rápida.

O uso de radiografia digital apresenta algumas vantagens com relação ao filme revelado como rapidez na obtenção do resultado, economia e melhor nitidez da imagem.

As principais vantagens da radiografia panorâmica com relação ao raio-x periapical são: visualização ampla em uma única tomada, pode ser realizado em paciente com dificuldade de abertura e crianças, não causa desconforto ao paciente e a menor exposição à radiação tanto do paciente quanto do operador.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.