Tratamentos odontológicos

Prótese total removível: tudo que você precisa saber

Prótese total removível

A prótese total removível é mais conhecida como dentadura, considerada uma das opções mais utilizadas por pessoas que não possuem dentes. Esta é uma alternativa que confere diversas vantagens ao paciente, dado que este consegue retomar seu padrão de fala, sentir conforto ao comer e sorrir, além de manter a estética que permite a autoestima do paciente. Ainda, aqueles que optam por uma prótese removível podem retirá-la a qualquer momento, facilitando sua limpeza.

Isso acontece graças a facilidade para sua colocação, dado que o paciente deve apenas apoiar a prótese diretamente sobre a gengiva. Para estes casos, o material mais utilizado para a confecção é a resina acrílica.

Tipos de prótese

Existem diferentes tipos de próteses dentárias segundo a necessidade do paciente. 

Quanto a remoção, as próteses podem ser fixas ou removíveis:

  • Fixas: não podem ser removidas pelo paciente, e tem como exemplo, a prótese protocolo; 
  • Removíveis: também podem ser chamadas de próteses móveis e permitem que o paciente coloque-as e retire-as quando necessário.

Ainda, as próteses podem ser classificadas de acordo com seu tamanho, podendo ser:

  • Parciais: são próteses que substituem apenas os dentes que estiverem faltando;
  • Totais: são utilizadas quando o paciente perdeu todos os dentes de uma ou das duas arcadas dentárias.

Etapas para obtenção da prótese

Vários procedimentos estão envolvidos desde a primeira consulta do paciente até o recebimento da prótese.

Primeiramente, o dentista deve, na primeira consulta com o paciente, apresentar todas as opções para tratamento. Dessa forma, juntos, devem escolher a melhor alternativa baseando-se nas necessidades do paciente. 

Caso optem por uma prótese total removível, o próximo passo é realizar a moldagem anatômica utilizando alginato. Utiliza-se esta moldagem para a confecção da moldeira, que será utilizada para o selamento periférico e, em outro momento, para a moldagem funcional. Depois disso, deve-se montar os dentes e checar a oclusão. Caso o paciente aprove a prótese, deve-se encaminhá-la para acrilização, desinfeccioná-la e instalar no paciente. 

Limpeza da prótese total removível

Uma das maiores vantagens da prótese removível é sua facilidade de limpeza. Esta deve ser feita de maneira correta, a fim de promover sua correta conservação e consequentemente um maior tempo de uso.

Limpeza mecânica

Para uma limpeza mecânica da prótese dentária, o paciente deve escová-la com água, sabão, ou creme dental, e escovas próprias. Os dentistas indicam fortemente este método, dada sua facilidade e simplicidade de ser posto em prática. Contudo, a prótese pode sofrer, com esse método, ação abrasiva, prejudicando a sua durabilidade. São observados perda de brilho e material, rugosidade e dificuldade para adaptação com o passar do tempo. 

Além disso, o indivíduo deve dar preferência a escovas específicas para o processo. Isso acontece, pois as convencionais não alcançam todas as cavidades da prótese e consequentemente não há a limpeza total, resultando em um menor tempo de duração. As escovas ideais são as macias, e de preferência com cerdas na parte interna e externa. Desse modo, torna-se indispensável que o paciente utilize escovas, e cremes dentais específicos que previnem tal perda.

Limpeza química

Além da limpeza mecânica, faz-se necessário o uso de substâncias que complementam a limpeza. Isso acontece, pois a escovação não atinge todas as irregularidades da prótese, que se tornam locais favoráveis para o desenvolvimento de microrganismos.

Um dos químicos mais utilizados são os peróxidos alcalinos, comercializados em sua forma sólida, necessitando que o paciente, no momento do uso, misture-o em água. Este tipo de produto é constituído por agentes que liberam oxigênio e realizam a limpeza mecânica dos detergentes alcalinos. Ainda, os agentes oxidantes promovem a eliminação de manchas e microorganismos. Por fim, é fundamental que, após o processo, o paciente realize o correto enxágue do material, de modo a evitar prejuízos na cavidade bucal. 

É importante evidenciar que cada tipo de limpeza possui uma finalidade específica. Logo, o paciente deve realizar ambas, e a prática de uma, não substitui a outra.

Método combinado

Outra opção para a limpeza das próteses, é unir os métodos mecânico e químico, e realizá-los simultaneamente. Para isso, o paciente deve realizar a escovação enquanto o objeto está imerso em substância química. 

Adaptação da prótese total removível

Pacientes relatam dificuldades em utilizar as próteses dentárias nos primeiros dias, relatando dores e incômodos.

Para uma melhor adaptação, recomenda-se que o paciente não durma com a prótese, a fim de reduzir o incômodo no momento de repouso. Nesses primeiros momentos, o paciente deve se atentar a sua alimentação, pois deve preferir porções pequenas, distribuídas ao longo do dia, de alimentos pastosos.

Conforme a adaptação, o indivíduo pode retornar progressivamente as refeições ao normal. Pacientes relatam também aftas na gengiva nos primeiros momentos de uso. Nesses casos, para uma melhor cicatrização das feridas, o uso da dentadura deve ser suspenso temporariamente.

Se tais situações persistirem, o paciente deve consultar o dentista para que este tome as melhores medidas.

Próteses muito antigas também podem gerar desconforto. Isso acontece, pois depois de muito tempo utilizando a mesma dentadura, ela pode ficar solta na boca, dificultando a fala e o sorriso. Nesses casos, o paciente pode precisar trocar a prótese.

Vida útil da prótese total removível

Uma dentadura possui uma média de duração de 5 anos. No entanto, esta é apenas uma estimativa, dado que vários fatores podem afetar a duração da prótese. Deste modo, é fundamental que o paciente siga todas as recomendações feitas pelo dentista, no que diz respeito à conservação da dentadura.

Preço da prótese total removível

O preço de uma prótese varia de acordo com vários fatores, como, por exemplo, o material utilizado na produção e a mão de obra. Dessa forma, sua faixa de preço apresenta grandes variações e uma mensuração pode não ser assertiva.

É de grande importância que o dentista alerte o paciente acerca de todos os pontos relacionados à adaptação e limpeza da prótese. Com isso, o paciente terá uma boa adaptação e durabilidade da dentadura. É importante também que o paciente retorne ao consultório periodicamente para acompanhamento.

O Codental pode auxiliar o cirurgião dentista ao enviar notificações quanto ao momento ideal para retorno do paciente.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.