Tratamentos odontológicos

Prótese protocolo: tudo o que você precisa saber

Prótese protocolo

Certamente você já ouviu falar em prótese total. Porém, você já ouviu falar na prótese protocolo? Hoje vamos falar mais sobre esta modalidade protética, indicações, vantagens e desvantagens, assim como valores e quanto tempo de duração.

O que é a prótese protocolo?

Primeiramente a prótese do tipo protocolo é uma modalidade de prótese total. Ela é a opção adequada para pacientes edêntulos, ou seja, que perderam todos os dentes.

Diferente da prótese móvel, a protocolo funciona como uma dentadura fixa, ou seja, estabilizada após o implante de parafusos dentro da gengiva. Portanto, mais segura para o paciente, pois não há risco de perda.

É possível usar a prótese protocolo tanto na arcada superior como na arcada inferior.

Indicações

Quando perdemos um ou mais dentes, é imprescindível sua reposição. Sua ausência acarreta inúmeros malefícios a saúde bucal. Portanto, o objetivo principal da prótese é devolver função mastigatória, fonética e estética.

A indicação do protocolo é essencialmente para pacientes que perderam todos os dentes de uma arcada, seja ela inferior, superior ou das duas.

É importante que o paciente esteja com a condição oral favorável. Dessa forma, deve-se ter atenção quanto às seguintes condições:

  • Perda óssea severa
  • Uso de medicamentos a base de bifosfonatos
  • Pacientes em tratamento oncológico.

No entanto, vale ressaltar que estas são contraindicações eventuais, e, intervenções do dentista e de equipes multiprofissionais, favorecem a sua instalação.

  • O enxerto ósseo, concomitante ao acompanhamento laboratorial e de exames de imagem, favorecem a instalação dos implantes em pacientes diagnosticados com perda óssea;
  • Ao finalizar tratamento com medicamento a base de bifosfonatos, indica-se a prótese protocolo;
  • Após alta médica, o paciente oncológico é liberado para colocação da prótese protocolo.

Vantagens da prótese protocolo

Com o avanço tecnológico e o advento das técnicas odontológicas na implantação de pinos sustentáveis ao osso que circunda a gengiva, a prótese total suportada pela gengiva, tornou-se uma opção menos viável quando comparada a prótese protocolo.

As vantagens são infinitamente superiores quando comparadas a próteses totais móveis como apresentado abaixo:

Estabilidade

Certamente mais estável quando relacionada a prótese móvel, especialmente pela sua fixação, garantindo estabilidade correta na função mastigatória.

Adaptabilidade

Devido à fixação do protocolo, feridas, incômodos para mastigar e desadaptações, não ocorrem ao paciente que opta pela prótese protocolo, gerando assim maior adaptação.

Segurança

Assim como na adaptação e estabilidade, o paciente que se alimenta melhor e consegue sorrir sem medo, se sente mais seguro com esta prótese.

Higienização

Consequentemente ao seu sistema de fixação, a higienização do protocolo é melhor realizada pelo paciente. Vale ressaltar que este deve usar escovas de cerdas macias, associado ao uso da escova interdental, ou seja, o mesmo modelo de escova cilíndrica usada por aqueles que usam aparelhos ortodônticos, com a finalidade de higienizar os espaços interdentais da sua prótese.

Durabilidade

Devido aos materiais que compõem a prótese protocolo, esta se torna mais durável em comparação a prótese móvel.

Estética

Contrapondo os materiais usados na prótese total móvel, as possibilidades em porcelanas oferecidas no protocolo, garantem uma estética mais próxima dos dentes reais, conferindo a esta modalidade um sorriso agradável e livre de componentes metálicos.

Valores

Da mesma forma que todos os tratamentos odontológicos, os valores para a prótese do tipo protocolo variam conforme a escolha da composição dos materiais de escolha de sua confecção.

Se o paciente optar pela prótese metalocerâmica, por exemplo, o custo diferirá quando comparado a prótese confeccionada em Zircônia.

Por isso é importante avaliar junto ao dentista quais as possibilidades oferecidas se encaixam na necessidade do paciente. É importante considerar que as escolhas influenciam na durabilidade e estética da prótese.

O tempo médio de durabilidade da prótese protocolo gira em torno de 25 anos, vale ressaltar que a escolha do material de composição irá influenciar diretamente no seu desgaste, portanto, vale a pena investir em bons materiais, de modo a manter a prótese mais longeva o possível!

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.