Tratamentos odontológicos

Prótese adesiva: vantagens, desvantagens e muito mais

Prótese adesiva

A prótese dentária é um acessório indicado para pacientes que perderam um ou múltiplos dentes, ajudando na retomada de autoestima, e auxiliando em funções como mastigação, comunicação e respiração. Vários são os tipos de dispositivos protéticos, sendo a prótese adesiva um deles.

Sendo uma opção mais barata em relação aos implantes dentários, a prótese adesiva é amplamente utilizada como provisória. Entretanto, esse tipo de prótese pode ter indicação definitiva, dependendo do tipo de caso.

Sendo assim, preparamos um texto completo com tudo que você precisa saber sobre esse dispositivo, assim como, suas principais vantagens e desvantagens. Confira!

O que é uma prótese adesiva?

Prótese adesiva

A prótese adesiva é um tipo de dispositivo protético removível, fixada em sua maioria por adesivos odontológicos. Dessa forma, a fixação desse modelo de prótese se apoia em dentes adjacentes.

As estruturas mais comuns para fixação de próteses são:

  • Aletas metálicas: mecanismo que prende a prótese a arcada dentaria;
  • Aletas não-metálicas: mecanismo geralmente fabricado com resina para sustentar a prótese na cavidade oral;
  • Adesivos odontológicos.

Nas próteses convencionais são utilizadas algum dos dispositivos metálicos. Entretanto, as próteses adesivas utilizam adesivos dentários que realizam uma ligação entre a prótese e os dentes naturais presentes na boca.

A prótese adesiva é uma técnica antiga, ideal para repor dentes ausentes mediante faixas metálicas adesivas colocadas entre os dentes naturais. Sendo assim, a principal vantagem desse tipo de prótese é o preço e o fato de nenhum outro dente ser prejudicado com o procedimento.

Como é o procedimento da prótese adesiva?

Primeiramente, a consulta com um especializa em prótese é realizada e em seguida solicitado alguns exames. Esses exames devem ser solicitados para observar a saúde das raízes dentárias, assim como a quantidade óssea para suporte.

Caso o paciente possua alguma doença gengival, como gengivites e periodontites, por exemplo, o tratamento destas deve ser realizado antes da instalação de prótese adesiva.

Após a checagem e tratamento de possíveis problemas encontrados, inicia-se o processo de moldagens definitivas e instalação da prótese adesiva.

A prótese adesiva dentária tem como material de base a resina acrílica que se encaixa sob a gengiva. Já o adesivo dentário, cria uma espécie de vedação entre a prótese e a superfície dentaria.

Dessa forma, as etapas do processo de colocação da prótese são: avaliação e planejamento, preparação dos dentes, confecção das próteses, teste e ajustes, aplicação do adesivo e cuidados de manutenção.

Materiais das próteses adesivas

As próteses adesivas são geralmente fabricadas a partir de materiais como porcelana, resina acrílica e metal. Sendo assim, a resina pode ser de fácil moldagem e colorida para se assemelhar aos tecidos bucais e dentes naturais.

Algumas próteses adesivas podem utilizar componentes metálicos para reforçar a estrutura e dar mais estabilidade. Isto posto, se aplica a utilização de retentores que se fixam ao dente para dar maior sustentação a prótese.

Indicação da prótese adesiva

Indicação da prótese adesiva

Se indica a utilização de prótese adesiva, geralmente, para pacientes que perderam dentes molares ou pré-molares, ou para aqueles que possuem poucos dentes naturais na arcada dentária. Dessa forma, as principais indicações para esse tipo de prótese são:

  • Perda parcial de dentes;
  • Ausência de dentes posteriores;
  • Poucos dentes naturais na boca.

Contraindicações

A principal contraindicação para utilização desse tipo de prótese é para pacientes que não possuem os dentes, uma vez que os mesmos se fazem necessários para fixação e suporte da prótese.

Ainda, pacientes com acúmulo de tártaro, placa bacteriana, gengivite e doenças como periodontite, podem ter adaptação da prótese, assim como, a saúde dos dentes prejudicadas. Dessa forma, deve-se realizar o tratamento dessas condições antes da utilização da prótese adesiva.

Além destes, irritações na mucosa oral e boca seca podem gera desconforto com o uso da prótese.

De uma forma geral, as contraindicações para esse tipo de prótese são:

  • Ausência de dentes para suporte;
  • Doenças periodontais avançadas;
  • Má higiene bucal;
  • Problemas de salivação;
  • Lesões bucais ou irritação de mucosas.

Quanto custa uma prótese adesiva?

Não se pode estimar um valor exato da prótese adesiva, uma vez que depende dos custos do planejamento do tratamento. Sendo assim, além da prótese, se tem custos com exames diagnósticos, moldagens, confecção em laboratório, ajustes e consultas de acompanhamentos.

Entretanto, o preço da prótese adesiva fica abaixo de R$1000,00, variando conforme o caso de cada paciente. Sendo assim, o valor pode variar bastante a depender da complexidade do caso, tipo de material, entre outros fatores.

Outro fator adicional ao custo da prótese, são tratamentos prévios que podem ser necessários.

Prótese adesiva vantagens e desvantagens:

Como todo tipo de dispositivo protético, esse tipo de prótese apresenta vantagens e desvantagens, devendo cada paciente ser avaliado com cautela. Dentre as principais vantagens:

Baixo custo

Um dos principais benefícios da prótese adesiva é seu baixo custo, sendo o mais barato entre as outras técnicas protéticas. Isso se deve, entre outros motivos, a rápida conclusão do procedimento. Dessa maneira, em poucos retornos do paciente o tratamento já é concluído.

Tratamento rápido e eficaz para fins estéticos

A prótese adesiva além de ser um procedimento barato para paciente, também se destaca pela rapidez em sua conclusão. Quando esse tipo de tratamento é comparado a prótese fixa, que demora até 6 meses para ser finalizada, percebemos que é uma ótima alternativa para devolver a autoestima do paciente em um curto prazo.

Portanto, podendo ter sua conclusão em até duas semanas, a prótese adesiva é um dos tratamentos mais curtos para reabilitação oral com fins estéticos.

Ótima prótese provisória

É um tipo de técnica muito interessante para pacientes em tratamentos para realizar implantes dentários, como aqueles que precisam solucionar falhas na estrutura óssea. Ainda, é uma ótima solução para repor a perda de um ou dois elementos dentários, principalmente os incisivos e frontais.

A prótese adesiva possui uma estética mais natural do que as próteses removíveis com grampos visíveis. Além disso, não ocorre um desgaste significativo dos dentes que acomodam os grampos e encaixes.

Já as principais desvantagens da prótese adesiva são:

Possibilidade de cair em caso de deslocamento

Uma das desvantagens desse tipo de prótese é a possibilidade de cair após impactos mais fortes. Sendo assim, se comparado a outros tipos de próteses, possui maior risco de deslocamento, requerendo maior cuidado do paciente, com uma higienização bucal mais adequada.

Dificuldade em usar fio dental

Um dos problemas que pode ser gerado pelo uso da prótese adesiva é o deslocamento de uma das aletas que sustentam a peça na arcada dentária. Sendo assim, o paciente terá dificuldade em utilizar o fio dental, podendo ocorrer o acumulo de bactérias. Como consequência desse problema, o paciente pode ter inflamações bucais, cárie, gengivite e periodontite, por exemplo.

Podemos concluir que a prótese adesiva é um tipo de dispositivo protético removível, mas a sua estabilidade e função podem variar conforme o número de dentes remanescentes, qualidade de fixação e adaptação. Sendo assim, deve-se realizar uma avaliação minuciosa e conversar sobre as preferências dos pacientes, antes de indicar esse tipo de prótese.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.