Dicas

Novembro azul e odontologia: entenda a relação entre eles

Novembro azul odontologia

Novembro foi o mês escolhido para que campanhas fossem promovidas com objetivo de conscientizar e atuar na prevenção do câncer de próstata. Assim como outubro rosa, Novembro Azul vem ganhando bastante força em todas as áreas da saúde, inclusive na odontologia. Com isso, esse post explica a relação entre novembro azul e odontologia, e como esse assunto pode ser abordado no consultório e nas redes sociais.

Como surgiu novembro azul?

Novembro passou a ser o mês direcionado para a conscientização acerca do câncer de próstata em 2003, na Austrália, pois no dia 17, já se comemorava o Dia Mundial do Combate ao Câncer de Próstata. A ideia inicial de dois amigos, foi deixar o bigode crescer durante todo o mês e ir gerando diálogos sobre o tema e, um ano depois, já criaram uma associação sem fins lucrativos para arrecadação de fundos para o combate da doença. Durante a campanha, os homens começaram a deixar o bigode crescer, e as mulheres, para apoiar, usavam roupas azuis, por isso a cor destaque deste mês.

Já no Brasil, o “Movember” como ficou conhecido, sendo a junção de mustache (bigode em inglês) e novembro, chegou em 2008. O lema da primeira campanha foi “Um toque, um drible”, tentando também, diminuir o tabu em torno do exame para prevenção do câncer. 

O que novembro azul tem a ver com odontologia?

Devido à história do surgimento do novembro azul, com destaque ao câncer de próstata, quando relacionado o mês com a odontologia, muitos profissionais não conseguem entender o porquê. Entretanto, o que muitos não sabem, é que, apesar de ter um foco no diagnóstico precoce do Carcinoma da Próstata, o mês é direcionado para campanhas que envolvem a saúde do homem na sua totalidade.

Com isso, é muito importante que o dentista também enfatize que, durante a primeira semana do penúltimo mês do ano, acontece a Semana Nacional de Prevenção do Câncer de boca. Assim como o câncer de próstata, o câncer de boca tem como faixa etária de risco indivíduos com mais de 50 anos, e mais de 75% dos acometidos por essa doença são homens. Logo, cabe aos profissionais da área e aos pacientes, se atentarem para o diagnóstico precoce de doenças que ocorrem na mucosa oral, e estrutura anexas também são importantes para um tratamento de sucesso e a diminuição da mortalidade. 

Segundo o Rádio Nacional, homens vão 65% menos a consultas de rotina do que mulheres. Portanto, a ideia do mês azul é promover campanhas incentivando a ida dos homens em todos os profissionais da saúde, se prevenindo contra patologias, revendo hábitos e buscando por uma rotina mais saudável.

A importância do dentista durante o novembro azul 

O CFO reconhece essa data como o mês da campanha não somente para o âmbito odontológico, mas também para a neoplasia desenvolvida na próstata. Dessa maneira, cabe ao profissional em sua clínica, atuar ativamente na conscientização sobre a prevenção de ambas. 

Durante a consulta, o dentista pode fazer perguntas que ajudam a detectar fatores que podem ser cruciais para o desenvolvimento do câncer na próstata. Sabe-se que alguns desses fatores são: 

  • Sobrepeso
  • Sedentarismo
  • Idade
  • Tabagismo
  • Histórico familiar 

Importante ressaltar que, os dois fatos em destaque, são, também, pontos cruciais em homens que desenvolvem o câncer de boca. Dessa forma, durante a consulta é possível auxiliar na identificação desses pontos e promover diálogos que orientem seus pacientes.  

Somado a isso, novembro é um mês direcionado para prevenção, mas também é um momento que o diálogo sobre o tratamento dessas doenças é maior. Por isso, é importante também destacar o papel crucial dos dentistas durante o tratamento dos pacientes que estão com câncer. Logo, não somente na prevenção, a odontologia está presente na neoplasia, já que, em muitos casos, os tratamentos possuem efeitos colaterais que afetam os dentes e a gengiva. Além disso, o fato de a boca ser um local de fácil acesso de bactérias, vírus e infecções, a odontologia ganha maior importância para evitar essas complicações durante o período em que o sistema imune do paciente está mais vulnerável.

Então, conclui-se que a presença do dentista, na prevenção e conscientização, durante possíveis tratamentos para o câncer e durante a recuperação é de extrema importância. 

Como dentistas podem apoiar a campanha Novembro Azul?

Como foi dito, o profissional da odontologia tem uma relevância grande durante todo o período e cuidado da saúde do alvo principal da campanha. Sendo assim, durante o mês podem promover ações criativas para atingir o máximo de pessoas, como exemplo: 

1. Fazer materiais informativos para distribuir no consultório 

Durante a consulta, o dentista pode ir dialogando sobre o assunto com o paciente, mas, ao final, pode entregar cartilhas que possuem as informações básicas sobre câncer de próstata, câncer de boca, etc. É um recurso simples de fazer, de baixo custo, e ajuda a alcançar mais pessoas, já que aquele paciente pode sair do consultório e mostrá-lo para outras pessoas. 

2. Decoração especial 

É muito interessante que o paciente repare em detalhes diferentes e que chamem atenção. Portanto, durante todo o mês o consultório pode ter itens decorativos com a cor do mês. 

3. Promover palestras 

Dito a importância do profissional, este pode promover palestras com o tema novembro azul. Assim conseguem atingir pessoas fora do seu ciclo e também incentivar outros dentistas a realizarem debates sobre o tema. Um ponto válido de destacar é a importância do diagnóstico precoce e, com isso, diminuir o tabu, por exemplo, do exame para câncer de próstata

As palestras podem ser feitas, por exemplo, em empresas que buscam conscientizar seus funcionários. 

4. Promover o incentivo a prática de esportes

O apoio a campanha não precisa ser unicamente falando sobre o assunto, mas o incentivo ao esporte é uma maneira indireta de ajudar na prevenção de patologias, uma vez que o sedentarismo é um dos pontos cruciais para o desenvolvimento das mesmas. 

O dentista pode promover uma corrida na semana com seus funcionários e pacientes e fazer blusas na cor azul para irem. 

5. Fazer post nas redes sociais 

Por último, durante o mês, o Instagram da clínica odontológica pode fazer post informativos sobre o assunto, fazer caixinha de pergunta para seus pacientes, etc. As redes sociais são um meio de atingir milhares de pessoas, com isso, o dentista consegue espalhar a ideia do Novembro Azul, de maneira simples. Além de post e story, podem ser feitas transmissões ao vivo, assim, os seguidores conseguem interagir e tirar suas dúvidas.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.