Doenças odontológicas

Mucocele: saiba tudo sobre o problema

Mucocele

Você sabe o que é a mucocele? Apesar de ser um termo que pode assustar, se trata de uma condição odontológica comum e simples, apresentando-se no interior da boca, de cor entre a rosada e arroxeada, contendo um conteúdo transparente em seu interior. Confira tudo sobre esse problema!

Mucocele o que é?

A mucocele, também conhecida como cisto mucoso, é caracterizada por um acúmulo de líquido salivar em uma bolha, que pode se formar nos lábios, língua, bochecha e/ou céu da boca. Portanto, esse tipo de acúmulo pode ocorrer devido o rompimento de canais que transportam a saliva, em decorrência de algum trauma ou pancada local.

Entretanto, a formação de pedras salivares dentro desses canais, podem bloquear a passagem do líquido e formar bolhas. Glândulas salivares menores são mais acometidas pelo problema, e como a produção de saliva não para e nem encontra um caminho para sair para boca, ocorre um edema local.

A mucocele se trata de uma lesão benigna que varia de poucos milímetros até entre 2 e 3 centímetros de diâmetro, não oferecendo riscos à saúde. Dessa forma, esse problema não costuma gerar nenhum tipo de desconforto, sendo percebida apenas pelo olhar ou pela sensação de um relevo na boca.

Causas da mucocele

A mucocele pode surgir decorrente de algum trauma, fazendo com que ocorra o fechamento das glândulas salivares a partir do choque gerado, levando a uma obstrução.

Outras causas recorrentes do problema são mordidas recorrentes nos lábios. Dessa maneira, as mordidas recorrentes comprimem os ductos salivares, podendo bloqueá-los e causar uma bolha.

Um ponto importante de se destacar é que a mucocele pode surgir em diferentes regiões da boca, sendo sua origem, sempre decorrente da obstrução de ductos de uma glândula salivar.

Mucocele é câncer?

A mucocele não é câncer, como já mencionado, é um problema de causa benigna que não costuma oferecer riscos à saúde. Entretanto, o problema deve ser avaliado por um dentista para se obter o correto diagnóstico, principalmente em caso de dor, já que não é um sinal característico deste problema.

Sendo assim, a presença de uma bolha na boca pode se tratar de diferentes problemas, tendo o dentista que se atentar para os seguintes possíveis diagnósticos:

  • Hiperplasias fibrosas: Caracterizada por uma lesão mais rígida que uma bolha, devendo ser removida de maneira cirúrgica.
  • Papiloma focal: É uma das lesões mais frequentes de doenças na língua, sendo uma lesão relacionada com o papilomavírus humano (HPV).
  • Lipoma: São estruturas benignas formadas por gorduras, sendo geralmente de cor amarelada e com um tamanho maior. Embora seja indolor, se faz necessário remoção cirúrgica.
  • Fibroma: Também causado por fatores mecânicos, extremamente comuns e de remoção cirúrgica.

Sintomas

A principal característica é a formação de uma bolha. Isto posto, pode atingir qualquer área da boca, incluindo língua e bochecha.

A bolha formada possui uma coloração que varia de transparente até arroxeada, variando tamanho de pessoa para pessoa. Ainda, é um problema que acomete frequentemente crianças e adolescente, entretanto também atinge todas as fases da vida, não apresentando nenhum tipo de dor.

Mucocele tratamento

Na maioria das vezes a mucocele é um problema que desaparece sozinho, sem a necessidade de qualquer intervenção. Portanto, o problema costuma se solucionar com o rompimento da bolha, levando a uma pequena ferida que cicatriza em alguns dias.

No entanto, em alguns casos esse rompimento não ocorre de maneira espontânea. Sendo assim, pode acontecer uma obstrução muito severa e que não regride, levando a uma piora do quadro. Caso isso ocorra, se faz necessário realizar uma pequena cirurgia para remover o edema e desobstruir o canal.

Prevenção

De maneira geral não existe uma forma direta de prevenir a mucocele. Entretanto, visitas recorrentes ao dentista e cuidados como evitar morder lápis e canetas, e o próprio tecido labial ou das bochechas podem evitar o aparecimento do problema.

Mucocele quanto tempo dura

O problema costuma desaparecer rapidamente em poucos dias ou levar até mesmo anos para que a saliva no interior da bolha se dissipe por completo. Sendo assim, caso o paciente relate a presença de uma bolha por mais de uma semana na boca, se faz necessário analisar com cuidado, verificando o correto diagnóstico e a melhor conduta para o tratamento.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.