Tratamentos odontológicos

Máscara facial ortodôntica: tudo que você precisa saber

Mascara facial ortodontica

Normalmente, os dentes são apresentados em uma posição na qual os superiores se encontram levemente sobrepostos aos inferiores de maneira harmoniosa. Tal alinhamento está relacionado à habilidade de fala e uma mastigação mais eficaz, distribuindo as forças de maneira homogênea. Ainda, uma arcada dentária alinhada coopera para a saúde da boca, por ser mais fácil de limpar. No entanto, em alguns casos, há um desalinhamento dos dentes. Neste caso, a tendência é que as forças da mastigação sejam aplicadas de maneira desigual.

Alguns tratamentos na dentição permanente são de fácil solução, quando limitado aos dentes. No entanto, quando o desalinhamento está relacionado às estruturas ósseas, são poucas as opções de tratamento. Para esses casos, dá-se o nome de má oclusão e o tratamento pode ser feito com máscara facial ortodôntica.

O que é má oclusão

A má oclusão ocorre quando há o desalinhamento dos dentes, fazendo com que os superiores não se encaixem com os inferiores. As causas podem ser diversas, assim como os tratamentos. Com isso, para facilitar o entendimento das diferentes más oclusões, há a classificação de Angle. Dentro dela, tem-se a má oclusão classe III, que demanda, entre outros tratamentos, o uso da máscara facial.

Má oclusão classe III

A má oclusão classe III é uma condição de desenvolvimento caracterizada por uma deformidade facial dada ao posicionamento mais posterior da maxila em relação à mandíbula. A classe III apresenta forte influência hereditária não muito bem definida e está associada a variantes morfológicas esqueletais e dentais. As causas prováveis são distúrbios no desenvolvimento embrionário ou no crescimento esquelético, disfunção muscular, acromegalia e hipertrofia hemi mandibular ou ainda distúrbios no desenvolvimento dentário. Pessoas com hábito de chupar o dedo ou empurrar os dentes com a língua possuem ainda mais a chance de projeção dos dentes.

A deficiência na maxila, protrusão da mandíbula, ou ambos, são os fatores que causam a má oclusão. Percebe-se que muitos casos possuem envolvimento maxilar, o que determina que a maioria dos tratamentos precoces envolva a protração maxilar. 

Ortodontia

O profissional dentista especializado na correção da posição dos dentes é o ortodontista. Este é responsável por estudar, prevenir e tratar problemas de crescimento, desenvolvimento e amadurecimento dos dentes e dos ossos da face.

Máscara facial ortodôntica

Mascara ortodôntica facial
Máscara facial ortodôntica

A máscara facial é um aparelho ortopédico que aplica forças no ambiente exterior ao da boca. As forças de tração e elásticas são aplicadas no sentido sagital do rosto, a fim de corrigir tal desalinhamento. A máscara é mais indicada quando o paciente é diagnosticado como portador de Classe III com retrusão maxilar. Logo, pode haver ainda uma combinação da máscara com cirurgia ortognática. No entanto, deve-se adiar este procedimento até que tenha o integral desenvolvimento esquelético.

Objetivos da máscara facial ortodôntica

Utiliza-se a máscara visando os seguintes objetivos:

  • Redirecionamento do crescimento mandibular
  • Inclinação lingual dos incisivos inferiores
  • Deslocamento anterior dos dentes superiores
  • Protração esquelética maxilar
  • Correção da diferença da relação cêntrica com a oclusão cêntrica

Indicação e tratamento da máscara facial ortodôntica

O uso da máscara facial é indicado para crianças e adolescentes, já que este público ainda passa pelo processo de desenvolvimento. O tratamento é mais eficiente em pacientes de até 10 anos que passaram precocemente pelo processo de diagnóstico. Isso acontece, pois nestes pacientes, o tratamento se mostrou esquelética e dentalmente eficaz, demandando um acompanhamento de curto prazo, variando entre 6 meses e 1 ano.

O tratamento deve se iniciar com o surgimento dos dentes incisivos centrais superiores. Com o uso do aparelho, que deve ser no mínimo 12-14h diárias, a mandíbula se movimenta no sentido horário, para baixo e para trás. A maxila, no que lhe concerne, se direciona para o sentido anterior. Com isso, a altura facial antero-inferior aumenta ao passo que a sobremordida diminui.

Marcas de máscara facial ortodôntica

Existem várias marcas de máscara facial no mercado, sendo as mais conhecidas as de Petit, de Delaire, de Tubinger, de Grummons e de Turley, fabricada sob medida do paciente. A máscara facial de Petit é um aparelho composto por um apoio na testa e no queixo, ligados por uma armação de aço por meio de parafusos. Estes possuem um suporte com encaixe para os elásticos, que promovem uma força para que a maxila se desloque para frente e para baixo. Tal marca é a mais utilizada por ser um modelo simples quando comparado às outras.

Desafios

Mesmo sendo uma técnica muito eficiente, o uso da máscara facial ortodôntica apresenta certas limitações, sendo a principal aquela relacionada à adesão ao tratamento. A falta de adesão está muitas vezes relacionada à estética do aparelho, que pode ser desagradável para alguns. Além disso, o uso pode ser considerado desconfortável, entre outros motivos, pelo limite da movimentação da maxila. Ainda, o tratamento demanda muitas horas seguidas de uso do aparelho, cooperando para o desconforto.

Mesmo com tais dificuldades de adesão, o tratamento feito com máscara facial é muito eficiente nos pacientes e seu uso deve ser incentivado. Portanto, o profissional da odontologia deve incentivar o paciente e ajudá-lo para ter maior adesão ao tratamento, oferecendo um atendimento humanizado e atencioso.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.