Marketing Odontológico

Marketing odontológico: tudo o que você precisa saber

marketing odontológico

É inegável que, com o crescimento das mídias sociais e do marketing na atualidade, ter um bom trabalho nas redes é considerado cada vez mais essencial em todos os ramos. Com o marketing odontológico não seria diferente! 

O marketing odontológico é um ótimo aliado de dentistas e clínicas para, não somente, com o “boca a boca” tradicional, atrair novos pacientes, mas também, fidelizar e divulgar notícias e informações relevantes do ramo. Dito isso, esse artigo busca dar dicas sobre marketing odontológico e tudo que o cerca. 

Como funciona o marketing odontológico?

O marketing odontológico pretende agregar valor ao profissional, fortalecer a marca da clínica, e junto a isso, aproximá-los dos pacientes atuais e trazer novos, para, consequentemente, aumentar o faturamento da empresa. 

Com isso, o marketing é uma estratégia que, no ramo da odontologia, funciona em redes sociais, como: Instagram, WhatsApp, sites, YouTube, etc., e também em eventos e parcerias. Para auxiliar nisso, vale utilizar ferramentas que atuam, tanto na organização quanto na parte criativa. 

Entretanto, um cuidado no marketing odontológico está em obedecer ao Código de Ética do CFO. Nessa ótica, considera-se infração ao código, por exemplo, um marketing que faça publicidade enganosa e abusiva e com expressões ou imagens de antes e depois.

5 ferramentas para marketing odontológico

1. RD Station

O RD Station é uma ferramenta que possibilita a automatização de diversos segmentos do marketing odontológico, como no envio de e-mail marketing, criação de fluxos, automatização de redes sociais, etc. Essa automatização é de muita valia no marketing, uma vez que possibilita redução de tempo em diversas funções, aumentando a eficiência e produtividade.

Entretanto, quando se fala de automatização de marketing, principalmente e-mails e WhatsApp, é necessário tomar cuidados para ainda manter a personalização para cada indivíduo. 

2. Hootsuit

Em uma atualidade que manter as redes sociais o mais ativas possível é um diferencial, ter um software de gerenciamento é muito importante.

Dito isso, a hootsuit permite a programação para publicação de posts em todas as plataformas e também permite acompanhar as tendências dos assuntos de interesse

3. Google Analytics

Essa ferramenta gratuita criada pelo Google que possibilita uma análise do tráfego do site do consultório ou clínica, apontando pontos, como número total de visitantes, a origem desse tráfego, quais ações nas mídias sociais estão tendo mais resultados, entre outros. 

Com esses dados, é possível entender as estratégias que estão funcionando ou não, e analisar o comportamento do público alvo e, assim, aprimorar o planejamento. 

4. Semrush

Com mais de 55 ferramentas e relatórios, a Semrush possibilita a execução de diversas estratégias do marketing odontológico, como: pesquisa de palavras-chave para sites, análise de concorrentes, publicidade paga, monetização de sites e muito mais. 

5. Trello

A organização é o segredo para que toda estratégia de marketing aconteça de maneira efetiva.

Com o Trello fica possível gerenciar as tarefas tanto individuais quanto coletivas, auxiliando, por exemplo, clínicas que possuem uma equipe para gerenciar o marketing. 

Essas 5 ferramentas serão responsáveis por auxiliar muitas etapas do marketing odontológico, entre organização, análise e automatização de diversos pontos. Por isso, vale que cada clínica e consultório pesquise e utilize das ferramentas que façam mais sentido para os objetivos do marketing.

Quais são os 4 Ps do marketing odontológico?

Também chamados de Mix de Marketing, os 4 Ps resumem os pilares básicos da área de Marketing, que são: produto, preço, praça e promoção. 

Dentro dessa ótica, adaptá-los e utilizá-los dento do marketing odontológico é de grande valia para que a clínica se destaque. Adaptando os pontos dentro do contexto odontológico, é possível pontuar:

1. Produto:

Em relação ao produto, no contexto odontológico, são os tratamentos, como limpeza e obturações, até tratamentos mais avançados, como implantes dentários e ortodontia.

O importante desse ponto é conseguir destacar a qualidade e a eficácia dos tratamentos, bem como a experiência e a qualificação dos profissionais de saúde bucal da clínica. Além disso, a introdução de tratamentos inovadores e tecnologias avançadas também é uma importante estratégia para se destacar no mercado.

2. Preço:

Indispensável que o consultório estabeleça uma estrutura de preços transparente e competitiva. Para isso, deve-se considerar oferecer opções de pagamento flexíveis, como parcelamentos ou programas de financiamento para procedimentos mais caros.

Junto a isso, uma estratégia de marketing está em destacar o valor agregado dos serviços, fazendo com que o foco não seja o preço em si, mas enfatizando os benefícios de longo prazo para a saúde bucal do paciente.

3. Praça (Localização):

A escolha uma localização estratégica para a clínica odontológica é essencial. Deve-se considerar a acessibilidade para os pacientes e, principalmente, para o público alvo, assim como a visibilidade e proximidade a áreas residenciais ou comerciais. 

Na atualidade vale considerar a presença online como uma extensão da sua “praça”, garantindo uma presença digital forte, incluindo um site informativo, listagem em diretórios locais e atuação nas redes sociais.

4. Promoção:

A promoção dentro desse contexto é uma estratégia a ser utilizada para promover os serviços odontológicos, como otimização de mecanismos de busca, a exemplo do SEO, campanhas de anúncios pagos, como Google Ads, marketing em mídias sociais e e-mail marketing.

Junto a isso, é necessário educar os pacientes sobre a importância da saúde bucal por meio de conteúdo informativo e educacional, como blogs e vídeos sobre temas relevantes.

Por fim, investir em estratégias de retenção de clientes, como programas de fidelidade, lembretes de consultas e acompanhamento pós-tratamento também é uma boa estratégia.

Como começar o marketing odontológico? 

Conheça seu público alvo

Primeiramente, é imprescindível entender e conhecer o público alvo da clínica ou consultório. A partir da definição do grupo alvo de atendimento, será possível definir outras áreas importantes do marketing, como preço, formas de abordagem, plataformas a serem utilizadas, etc.

Por isso, antes de tudo, vale pensar: a idade dos pacientes que são alvos, classe social, se possuem patologias específicas, o principal objetivo dos pacientes procurarem a clínica, etc.

Fidelize os pacientes

Não menos importante do que conquistar novos pacientes, está a fidelização dos já clientes da clínica. A fidelização ajudará em outras formas de marketing, uma vez que clientes satisfeitos fazem propagandas com amigos, familiares e conhecidos. 

Estude sobre o assunto

O marketing ainda é um assunto relativamente atual e cheio de atualizações a todo tempo. Por isso, é indispensável estudar sobre o assunto, as principais estratégias, conversar com outras empresas e as ferramentas que já utilizaram, etc. 

Faça e participe de eventos

Realizar e participar de eventos permitirá um contato com pessoas que tenham o mesmo interesse, o que permite uma troca de vivências muito agregadora. 

Estes eventos podem ter como tema um marketing mais abrangente, marketing odontológico, odontologia, etc.

Utilize datas especias como aliadas

Datas como páscoa, Dia dos Namorados, dia dos pais, dia das mães, etc. podem agregar no marketing da clínica e permitir abordar assuntos que estão em alta na época. Fique atento à todas as datas e utilize-as como aliadas.

Benefícios do marketing odontológico 

Afinal, por que investir no marketing odontológico? Além de entender como trabalhá-lo, pontuar seus benefícios também é muito importante. Dito isso, alguns dos benefícios são:

  • Permite alcançar diferentes públicos sem limitações geográficas
  • Com a existência de várias plataformas gratuitas, possibilita pouco investimento
  • Construção de credibilidade e autoridade para clínica
  • Aumento do faturamento
  • Auxilia na fidelização dos pacientes

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.