Doenças odontológicas

Mancha branca no dente: saiba tudo sobre

Mancha branca no dente

A mancha branca no dente pode parecer inofensiva e, algumas vezes, pode até passar despercebida. Ela aparece tanto em dentes de leite quanto nos dentes permanentes e, por mais que não pareça grave, essa característica pode comprometer a saúde bucal do paciente.

As manchas podem surgir devido a alguma interferência na formação do esmalte dentário, formado por minerais ricos em cobre e zinco, com o aspecto duro para proteger a dentina e a polpa dentária. Esse esmalte que reveste a parte externa do dente, sofre com qualquer alteração que ocorra na boca, como a ingestão de alimentos ou medicamentos, a deficiência de nutrientes e os traumas na região.

Vamos te contar mais sobre esse assunto.

O que é a mancha branca nos dentes e por que surge?

Para começarmos a entender o motivo de surgirem manchas brancas nos dentes, devemos entender que o esmalte dentário é constituído em 90% por substâncias minerais, e nos 10% restantes, por água e materiais orgânicos. E é isso que forma o equilíbrio natural da esmaltação.

Porém, várias substâncias podem influenciar o desenvolvimento dentário durante o decorrer do tempo e isso acaba resultando em desequilíbrios. Dessa forma, podemos observar as manchas brancas, sendo o resultado desses desequilíbrios.

As três principais causas das manchas brancas nos dentes são: cárie, excesso de flúor ou alteração na formação do esmalte, vamos comentar mais sobre cada uma delas mais a frente.

Quais as causas da mancha branca nos dentes?

Fluorose dentária

Este termo está associado às alterações químicas, que ocorrem durante a formação dentária, normalmente resultado de um uso excessivo de flúor, a fluorose. Esse aumento de flúor está muito associado a crianças, visto o uso excessivo desse mineral. 

Além disso, as manchas brancas da fluorose ficam principalmente no meio do dente e próximo as incisais e cúspides dentárias (pontas dos dentes), na maioria das vezes são encontradas como manchas lineares e sempre aparecem em dentes homólogos, ou seja, se houverem manchas no dente canino esquerdo, necessariamente, o canino direito também possuirá manchas brancas.

Por mais que essa substância seja essencial e ajude a manter o equilíbrio, principalmente na esmaltação dentária, o seu uso excessivo tem consequências, nomeadamente o aparecimento das manchas brancas. 

Você pode remover as manchas resultantes do uso excessivo do flúor, via branqueamento dentário.

Estilo de vida

Outro motivo que leva a aparição de manchas brancas é o estilo de vida do paciente. Se ele possui o hábito de consumir bebidas alcoólicas ou o tabagismo, há chances de aparecimento de manchas brancas nos dentes devido à desidratação que esses fatores provocam.

Cárie

As cáries começam por um processo de desmineralização do esmalte, ou seja, é o primeiro sinal de desgaste do esmalte do dente e por isso é comum surgirem manchas brancas.

Geralmente essas manchas surgem em locais onde há acúmulo de alimento, como próximo ao contorno da gengiva, na região de sulcos oclusais e entre os dentes, favorecendo a proliferação de bactérias e a formação de placas.

Hipoplasia do esmalte

Outro fator que também aparece mais comumente é a hipoplasia de esmalte. É uma condição caracterizada pela deficiência da formação do esmalte do dente.

A pessoa com hipoplasia tem mais chances de ter cáries e sofrer com a sensibilidade.

O clareamento dentário e o uso de cremes dentais remineralizados podem ser um tratamento indicado, nesse caso.

A causa desta doença pode ser hereditária, mas também traumas, cáries nos dentes de leite, déficit vitamínico, uso de alguns medicamentos, entre outras.

Acidez excessiva na boca

A acidez excessiva também é uma das possíveis causas da mancha branca no dente.

A acidez resulta da alteração do pH bucal que geralmente ocorre devido ao consumo de alimentos ácidos ou, também,  à baixa qualidade do fluxo salivar. E, quando surge a acidez, ocorre as alterações no esmalte devido à desmineralização.

Este é um problema que precisa de tratamento o mais depressa possível, pois além das manchas nos dentes, também pode ocorrer a erosão dos mesmos.

Existem sintomas associados ao aparecimento da mancha branca no dente?

As manchas brancas que aparecem no dente, em geral, são assintomáticas. Devido à ausência de sintomas, muitos pacientes negligenciam uma consulta com um profissional, o que está incorreto, visto que esse problema pode evoluir para algo pior.

Porém, algumas dores podem surgir devido à causa do problema. Por exemplo, caso as manchas sejam causadas por cárie, em pouco tempo o dente estará danificado e o tratamento será mais difícil. Sendo assim, no caso da cárie, dependendo do estado, o paciente poderá sentir dores.

Apesar de serem assintomáticas, as manchas podem provocar uma quebra na autoestima do paciente, tal como a maioria dos problemas dentários.

Além disso, vale lembrar também ao seu paciente que, após o aparecimento destas manchas, a remoção só será conseguida com um tratamento.

Como evitar o aparecimento da mancha branca?

Ainda que seu paciente não tenha apresentado essa mancha no dente, ele deve ter alguns cuidados com a saúde bucal.

Sendo assim, listamos para você alguns métodos que deve saber passar para seus pacientes, veja:

  • Consultas de rotina: outra forma de prevenir as manchas são as consultas regulares ao dentista. Nas consultas de rotina, o intuito é avaliar da saúde bucal. Dessa forma, você precisa observar se existe a necessidade de realizar uma limpeza, em que é removida a placa bacteriana e as possíveis manchas.
  • Higienização: a higienização também é importante para evitar as manchas nos dentes. Auxilie seu paciente na escovação dos dentes com uma escova e pasta adequadas, além de fazer o uso do fio dental.
  • Produtos de remineralização do esmalte: se o problema for o desequilíbrio químico, a remineralização é essencial. Pode ser necessário a recomendação de produtos para restaurar o equilíbrio na esmaltação do dente ao paciente, para que ele faça o tratamento e evite o aparecimento das manchas brancas.
  • Alteração do estilo de vida: Por fim, você como dentista também pode aconselhar uma mudança na sua alimentação, principalmente para evitar alimentos ácidos. Além disso, você pode alertar seu paciente ao uso de álcool e cigarro constantemente, pois essas manchas são mais comuns de aparecer devido a esses hábitos.

Quais são os tratamentos mais indicados?

O tratamento utilizado vai, primeiramente, depender da origem, mas eles podem incluir algumas técnicas a seguir:

  • Clareamento dental: o clareamento será utilizado para uniformizar a cor do esmalte dos dentes;
  • Microabrasão: remoção de uma fina camada do esmalte para melhorar a aparência dos dentes;
  • Remineralização: é o uso de dentifrício fluoretado e de flúor para repor os minerais removidos do dente;
  • Facetas dentárias: elas são feitas sob medida, podendo ser de porcelana e lentes de contato dental. Uma camada fina é colocada na parte frontal do dente. Geralmente será utilizada em casos em que a mancha não pode ser eliminada com outros tratamentos.

Como evitar a formação da mancha branca no dente?

O dentista deve auxiliar o paciente para evitar essas manchas. Mostre a eles as causas que já citamos aqui, explicando cada uma delas, como uma forma de auxiliar eles com a prevenção das manchas brancas nos dentes.

Além disso, você deve reforçar a necessidade de consultas periódicas para que avaliações e procedimentos sejam feitos. Para que você garanta ao seu paciente dentes saudáveis e sem manchas.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.