Tratamentos odontológicos

Gengivoplastia: valor e muito mais

Gengivoplastia valor

Dentre inúmeros tratamentos gengivais, considera-se a gengivoplastia o procedimento mais realizado em ambiente clínico. Isso se deve ao caráter estético deste procedimento que visa tornar reestabelecer a harmonia do sorriso. Neste artigo falaremos tudo sobre a gengivoplastia: valor, indicação e muito mais.

Quais as indicações da gengivoplastia?

A gengivoplastia surgiu em meados da década de 40, porém popularizou-se na modernidade, devido à crescente demanda estética por parte do paciente.

Isso se deve principalmente pela necessidade de equilibrar a proporção sorriso, dentes e lábios, sem a exposição excessiva da gengiva.

Logo, a gengivoplastia corrige o sorriso gengival, onde a gengiva aparece desproporcionalmente quando este paciente sorri.

Conforme a literatura, a gengivoplastia caracteriza-se pelo recontorno da gengiva na ausência de bolsas.

Isto significa que, retira-se o excesso de tecido gengival, além de corrigir seu formato.

Entretanto, a gengivoplastia também é realizada juntamente com a gengivectomia. Esta caracteriza-se pela remoção de bolsas a fim de reconstruir a arquitetura normal dentária.

Situações onde se realiza a osteotomia, por exemplo, utiliza as duas técnicas.

Portanto, para obter resultados estéticos e funcionais da gengivectomia, as indicações são:

  • Sorriso gengival alto;
  • Excesso de gengiva decorrente do uso de aparelho ortodôntico;
  • Tabagismo;
  • Dificuldade de estancar sangramentos.
  • Dificuldades de higienização decorrentes do excesso gengival.

Para realizar a remoção cirúrgica de tecido gengival, é necessária a avaliação odontológica por exame intra oral, histórico de saúde e exames de imagens.

Através destes, o dentista determinará o planejamento ideal do caso, diminuindo assim a recidiva do aumento gengival.

Riscos da gengivoplastia

Realizada em ambiente de consultório, a gengivoplastia é um procedimento rápido que não compromete a rotina do paciente, além de necessitar apenas do anestésico local.

Entretanto, algumas condições precisam de atenção a fim de evitar a recidiva do aumento gengival e complicações operatórias e pós-operatórias. Dentre elas destacam-se:

  • Melhora e atenção à higienização bucal;
  • Tabagismo;
  • Ingestão de alguns medicamentos.

Tais cuidados são importantes, pois, interferem na longevidade do tratamento, bem como na complexidade deste.

Logo, informe ao dentista caso seja fumante, ou use medicamentos contínuos.

Vale ressaltar a importância de realizar um tratamento prévio para buscar a causa do aumento gengival.

Fatores fisiológicos como, por exemplo, o sorriso gengival, requer apenas cuidados na higiene bucal.

Porém, o tártaro, a cárie, a perda óssea, fibromas, e certos fatores extrínsecos, pode causar sensibilidade e aparecimento da raiz após a gengivoplastia.

Quanto tempo dura a gengivoplastia?

A durabilidade da gengivoplastia relaciona-se com a adesão do paciente, além do correto planejamento e execução do caso.

Porém, a recidiva tem alta prevalência, indeterminando, assim, mensurar tempo e possibilidade de duração deste procedimento.

Vale ressaltar a importância da correta anamnese e exames complementares de modo a prolongar a ação deste tratamento.

Gengivoplastia valor

Os valores da Gengivoplastia sofrem a interferência de diversos fatores.

Em primeiro lugar, avaliar se o procedimento será realizado em um ou mais dentes. Posteriormente, se há necessidade de tratamentos tais como osteotomias, raspagens subgengivais, ou separação de raízes a se realizar antes ou durante a gengivoplastia.

Além de terapias restauradoras que interferem na altura da margem gengival em relação à restauração. Os valores variam entre R$ 300,00 reais cada dente tratado a R$3.000,00 reais.

A técnica operatória interfere no valor da gengivoplastia. A remoção tecidual pode ser realizada tanto com bisturi, como com o laser, variando o investimento deste procedimento.

Entretanto, investir na remoção a laser diminui a possibilidade de recidiva, além da cicatrização rápida, enquanto na técnica original os riscos aumentam no pós-operatório.

Os valores variam conforme o profissional. Vale ressaltar a importância de conhecer este profissional, assim como, obter buscas sobre seu trabalho.

Logo, de posse de um profissional de confiança, a gengivoplastia tem boas chances de sucesso.

Consequentemente este investimento torna-se duradouro e efetiva a prática de hábitos saudáveis da parte do paciente, que melhora mais que a sua condição bucal, melhora a condição de saúde geral.

Por conseguinte, diminui a possibilidade de diversas doenças sistêmicas em decorrência da melhora da saúde gengival e do controle bacteriano do ambiente bucal, como problemas hormonais e diabetes, por exemplo.

Portanto, para realizar a gengivoplastia, é importante conhecer o trabalho do dentista, assim como as condições oferecidas por ele, para diminuir complicações e garantir o sucesso deste tratamento.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.