Tratamentos odontológicos

Facetas de resina: saiba tudo sobre o procedimento

Facetas de resina

Publicado por

Yuri

As facetas de resina são um complemento protético que ficou conhecida entre o grande público por melhorar aspectos estéticos dos dentes, como a forma e a tonalidade, resultando na melhora da aparência e beleza do sorriso.

Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), de 2014 a 2019, o mercado de estética cresceu 567% no Brasil.

Para te ajudar a investir nessa área em expansão, no texto de hoje do blog do Codental, vamos conhecer tudo sobre as facetas dentárias de resina composta: o que são, indicações, benefícios, diferenciais e valor.

O que são facetas de resina?

Facetas de resina

As facetas de resina composta são uma película fina que são colocadas diretamente sobre o dente para solucionar problemas estéticos.

As películas são feitas de resina composta, um dos materiais mais utilizados nos consultórios, pelo seu papel nas reparações dentárias. Isso porque a sua coloração, bem similar aos dentes, e as cargas minerais que reforçam a composição, garantem um aspecto uniforme e uma estrutura firme.

Assim, as facetas modificam especialmente a forma dos dentes da frente: os incisivos, os caninos e até os pré-molares.

Quando indicar as facetas de resina composta?

A princípio, as facetas dentárias se popularizaram por transformar a estética do sorriso, melhorando a cor e as manchas presentes nos dentes, por exemplo. 

Além disso, o procedimento corrige também:

  • Formato: dentes muito pequenos ou de proporções diferentes, caninos muito afiados;
  • Desgaste: bruxismo, dentes danificados;
  • Alinhamento e espaçamento: pequeno apinhamento dos dentes da frente, diastemas, etc.

Contudo, para iniciar o processo, é fundamental que os dentes estejam saudáveis e o paciente não tenha nenhuma contraindicação sobre o uso da faceta em resina. 

Existem contraindicações para a faceta de resina?

Mesmo que seja um procedimento versátil, as facetas dentárias não são indicadas para todas as pessoas.

Vale destacar que elas são principalmente uma solução estética, ou seja, não têm finalidade terapêutica.

Por isso, o dentista deve analisar o histórico do paciente e, caso seja necessário, definir algum tratamento antes de colocar as facetas. 

Só para exemplificar, muitas vezes é necessário realizar o clareamento dental para que as manchas nos dentes não comprometam o resultado do procedimento.

Em que casos não indicar o procedimento?

Nesse contexto, listamos os casos em que a faceta de resina composta não é recomendada de imediato:

Todavia, os casos acima podem ser tratados e, assim que possível, continuar o procedimento com as facetas dentárias.

Não só pelo fator estético, mas também pelo desejo do seu paciente em colocar os cuidados com a saúde bucal em dia e manter um sorriso saudável. 

Assim, o dentista oferece um atendimento único, inovador e personalizado, bem como mais autoestima, bem-estar e confiança.

Quanto tempo demora para colocar facetas de resina?

Aplicação das facetas de resina

Em geral, a resina é feita no local pelo dentista e não requer nenhuma preparação prévia ou impressão dentária. Ou seja, é um processo ágil, realizado, em média, em uma única sessão de 3 horas.

Uma vez que as facetas de resina são feitas diretamente sob o dente natural do paciente, a quantidade de dentes a serem trabalhados, e o conforto do paciente, podem estender o procedimento. 

Além disso, conforme citamos logo acima, em alguns casos, são necessários tratamentos predecessores que podem atrasar em meses a colocação das facetas. 

As facetas de resina duram quanto tempo?

Embora essa resposta dependa de vários fatores, as resinas compostas duram entre 4 e 10 anos.

Para isso é importante indicar aos seus pacientes os mesmos cuidados exigidos com os dentes naturais, por exemplo: 

  • realizar a higienização diária;
  • evitar mordiscar objetos duros (balas, unhas, gelo);
  • diminuir o consumo de líquidos escuros, como café e refrigerantes de tipo cola, e alimentos açucarados;
  • manter visitas regulares ao consultório a cada seis meses.

Além de aumentar a longevidade das facetas, essas dicas evitam o surgimento de fissuras e, consequentemente, a formação de cáries e proliferação de bactérias embaixo da faceta. 

Faceta de resina composta x Faceta de porcelana

As facetas dentárias também podem ser produzidas em porcelana, material que traz prós e contras em relação à resina composta. Entenda cada caso: 

Tempo

As facetas de porcelana levam, pelo menos, duas visitas ao consultório. 

Isso porque, diferente da resina composta, o dentista realiza uma impressão dos dentes que receberão as facetas e envia o molde para um laboratório. 

Só então na próxima visita ao consultório é que as facetas de porcelana são aplicadas nos dentes.

Durabilidade

Com os devidos cuidados, as facetas de porcelana duram de 10 a 15 anos. 

De uma maneira geral, a resina composta não é tão forte quanto a porcelana, sendo mais propensa a lascar e se desgastar.

Simultaneamente, se acontecer um dano a uma faceta de porcelana, ela terá que ser substituída. Já se você lascar uma faceta de resina, ela pode ser reparada. 

Estética

As propriedades translúcidas da porcelana permitem que a faceta capte a luz de forma extremamente semelhante à de um dente natural, além de ser resistente a manchas.

Entretanto, vale reforçar com o paciente que as facetas de porcelana não são reversíveis, caso ele não fique feliz com o resultado.

Custo

Uma vez que exige mais tempo, experiência e recursos, a resina de porcelana tem um custo mais elevado em comparação às resinas compostas. 

Apesar disso, a manutenção desse tipo de faceta é menor e, assim, o custo pode sair menor ao longo do procedimento.

Ainda assim, vale conversar com o paciente e, além de construir um prontuário odontológico completo, avaliar a solução que melhor se encaixe na realidade dele.

Para uma base comparativa, o valor das facetas dentárias em 2023 são os seguintes: 

  • Faceta de resina composta – preço entre R$ 250 e R$ 1.000, cada película;
  • Laminado de porcelana – preço entre R$ 1.200 a R$ 2.500.

A seguir, vamos sintetizar as vantagens e desvantagens da faceta de resina composta e, em seguida, detalharemos os preços do procedimento. 

Vantagens e desvantagens da faceta de resina

Prós

  • O procedimento é acessível;
  • A instalação não requer nenhuma preparação prévia ou impressão dentária, sendo mais ágil e realizada geralmente em uma única sessão; 
  • Resolve muitos problemas dentários e auxilia diretamente na estética;
  • A lâmina é facilmente reparável ou ajustável.

Contras

  • A resina é mais frágil e por isso, é esperado mais visitas ao consultório para alterações e reparos; 
  • As facetas em resina composta são menos resistentes a manchas e descoloração.

Facetas em resina: valor de investimento

Facetas de resina antes e depois

Conforme adiantamos mais acima, o preço das facetas de resina em 2023 variam entre R$ 250 a R$ 1.000, cada película.

Além do custo com equipamentos e materiais odontológicos, o dentista precisa considerar o tempo que o procedimento ocupará, bem como os conhecimentos necessários para tratar casos mais complexos.

Valor da manutenção da faceta de resina

Nesse contexto, a manutenção das facetas de resina podem custar um pouco mais sobre o valor da consulta, chegando até o valor de substituição de uma lâmina.

Assim, vale reforçar com o paciente a importância de manter as visitas regulares, prezando a saúde e o bem-estar, evitando custos elevados.

Por que as facetas de resina são utilizadas na odontologia?

Essa pergunta é de grande importância, e mostra como esse tipo de procedimento tem sido utilizado nos últimos anos. As facetas de resina se tornaram uma opção rápida, de custo relativamente reduzido e com resultados satisfatórios.

Os fatores mencionados fazem como que as facetas de resina seja amplamente utilizada, possibilitando corrigir amarelamento no dente, desgastes, fraturas ou lascas. Dessa forma, além de ser um tratamento eficiente, é realizado de maneira rápida e que ótimo custo-benefício para os pacientes.

Diferença entre faceta de resina e lente de contato dental

Esses dois procedimentos são geralmente confundidos, principalmente entre os pacientes, que acreditam se tratar do mesmo processo. Entretanto, existem diferenças significativas entre as facetas de resina e lentes de contato dental.

Primeiramente, as facetas de resina são restaurações de cerâmica com aplicação na superfície dos dentes. Sendo assim, elas são mais densas que as lentes de contato, possuindo espessuras em torno de 7mm, e utilizadas para corrigir problemas de coloração e formato dos dentes, melhorando a estética do sorriso.

Já as lentes de contato são facetas de cerâmica de menor espessura, que geralmente possuem menos de 1mm e utiliza um diferente método de aplicação.

Diferente das facetas de resina, as lentes de contato são aplicadas de uma forma mais superficial, sem a necessidade de raspagem ou preparação sobre a matriz dentária.

Dessa forma, é um tratamento que possui um impacto menor sobre os dentes, não gerando grande desgaste. Entretanto, sua utilização se dá apenas em condições mais sutis e que não necessitem de grande intervenção odontológica.

É importante ressaltar que cada escolha deve ser criteriosamente analisada, considerando as necessidades de cada paciente, assim como seus objetivos, tanto no que se refere a sua saúde bucal e expectativa em torno de seu sorriso.

Como escolher a cor das facetas de resina

As facetas de resina podem ser confeccionadas nas mais diversas tonalidades. Entretanto, é comum o paciente querer optar por uma tonalidade extremamente branca, o que na estética odontológica atual, transmite um aspecto artificial dos dentes.

Dessa maneira, é necessário orientar o paciente na escolha da tonalidade, sendo mais indicado cores próximas de dentes saudáveis. Sendo assim, a escolha deve ser feita em conjunto com o paciente, sendo disponibilizada amostras pelo dentista, possibilitando a verificação da tonalidade que irá proporcionar um resultado natural para o sorriso.

É possível corrigir danos em facetas de resina?

Apesar de possuir um material de grande resistência, dependendo dos hábitos do paciente, ou a ocorrência de um acidente, pode ser que as facetas sofram rachaduras, desgastes ou quebrem. Sendo assim, o reparo das facetas de resina se faz possível, devendo orientar o paciente a comparecer ao consultório caso ocorra algumas dessas intercorrências.

Cuidados com facetas de resina

Como mencionado anteriormente, as facetas possuem um material bem resistente, porém deve-se orientar sobre os cuidados a serem tomados, visando aumentar a longevidade das facetas e garantir a beleza do sorriso.

Dessa forma, é necessário evitar ao máximo arranhar as facetas de resina, evitando colocar objetos na boca e mastigá-los, para que os mesmos não danifiquem o material, comprometendo a estética do sorriso e levando a necessidade de correção e troca da faceta de resina.

Orientar a não utilização de produtos de higiene bucal abrasivos, não sendo recomendado a utilização de escovas com cerdas duras e aplicação de cremes dentais com componentes abrasivos. Ainda, informar sobre o consumo de alimentos duros e pigmentados, que podem gerar manchas nos dentes, além de poderem lascar e criar rachaduras no material.

Outro ponto importante, é o cuidado com as gengivas, que ficam bastante expostas após o procedimento. Sendo assim, para não ter o resultado do tratamento comprometido, se faz necessário redobrar os cuidados com a gengiva, utilizando sempre o fio dental, evitando o desenvolvimento de uma gengivite.

Os dentes estão diretamente relacionados a alto estima e a qualidade de vida. As facetas de resina são uma opção de tratamento eficaz, que além dos ganhos estéticos do sorriso, podem ser a solução de diversos problemas, devendo o dentista analisar cada caso, indicando o melhor tratamento e consequentemente obtendo o melhor resultado.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.