Tratamentos odontológicos

Escova interdental: quando indicar, vantagens e muito mais

Escova interdental

Estão disponíveis hoje no mercado diversos itens para higiene bucal em diversas apresentações comerciais, e a escova interdental é uma opção. Conhecer estes itens é o primeiro passo para indicá-los corretamente para os pacientes.

As escovas interdentais, como o próprio nome já diz, são escovas finas com uma haste central metálica onde se prendem as cerdas, projetadas para se inserirem delicadamente entre os dentes. Estas escovas são altamente eficientes durante a remoção de placa dentária, pois preenchem todo espaço entre os dentes com o mínimo movimento.

Estas escovas podem ser finas, arredondadas ou em formato de cone e também podem ser encontradas em diversos tamanhos. Dessa forma, são eficazes no controle e prevenção de inflamação gengival, cáries, periodontite e inflamação peri-implantar.

Quando indicar a escova interdental?

Apesar de normalmente se indicar o uso de escovas interdentais apenas para pacientes em tratamento ortodôntico, todos podem se beneficiar destas escovas.

Dessa forma, pacientes com mobilidade limitada, doenças articulares e idosos podem achar o manuseio de escovas interdentais mais fácil que o uso de fio dental, principalmente na região dos dentes posteriores.

O uso de escovas interdentais é interessante para pacientes que usam próteses fixas como pônticos e próteses sobre implante, uma vez que existem artigos científicos comprovando que estes são mais eficientes para limpeza de próteses que o fio dental.

Pacientes que possuem muitos diastemas também podem se beneficiar do uso de escovas interdentárias. Isso se deve, devido ao bastante espaço entre as proximais dos dentes, facilitando assim remoção de placa e restos de comida.

E é claro, pacientes que usam aparelho ortodôntico encontram nas escovas interdentais maior facilidade para higienização entre bráquetes. Dessa forma, ela ajuda a reduzir os restos posteriormente removidos pelo fio dental.

As escovas interdentais são descartáveis?

Não, se pode reutilizar as escovas interdentais várias vezes, desde que corretamente limpas e higienizadas, devendo efetuar a troca quando as cerdas estiverem gastas ou com o arame torto.

Escova interdental é o mesmo que escova ortodôntica?

Não, a escova ortodôntica é desenhada para limpar todas as superfícies dentárias. No entanto, a sua anatomia não alcança os espaços interproximais – diferente da escova interdental, desenvolvida com este propósito.

A escova interdental substitui o fio dental?

Não, deve-se utilizar a escova interdental de forma complementar ao fio dental devido a irregularidades anatômicas dos dentes.

Como escolher a escova interdental?

Devido à variação de tamanhos e formatos, devemos avaliar a necessidade de cada caso antes de fazer a correta indicação para o paciente.

As escovas de menor calibre são indicadas para limpeza entre dentes ou entre próteses (pônticos). Já as escovas de maior calibre, indica-se para higienização do aparelho ortodôntico e pacientes que possuem dentes mais afastados.

As escovas cônicas são mais indicadas para limpeza ortodôntica. Enquanto as cilíndricas, indicadas para limpeza entre os dentes e próteses.

Como orientar o uso de escova interdental?

O uso destas escovas é bastante simples.

Se deve orientar o paciente a não substituir etapas da escovação, sendo ela complementar ao uso de escova de dentes e fio dental.

  • A escova interdental deve ser inserida no espaço entre dos dentes em um ângulo de 45 graus. Quando em posição, a escova deve deslizar suavemente em movimentos para dentro e para fora sem fazer pressão.
  • Nos dentes inferiores à escova apontará para baixo, enquanto nos dentes superiores ela apontará para cima.
  • O paciente também deve ser orientado que durante os primeiros usos pode haver pequeno desconforto e também sangramento, uma vez que pode existir inflamação pré-instalada e que deverá regredir conforme uso.
  • Caso o paciente continue a relatar desconforto e sangramento, deverá haver reavaliação da indicação.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.