Doenças odontológicas

Dor de dente ao mastigar: saiba tudo sobre esse problema

Dor no dente ao mastigar

Dor no dente ao mastigar acontece como um mecanismo de defesa no corpo, indicando algo com o funcionamento incorreto, ou seja, não está bem.

A mastigação é a função principal do processo digestivo e algum distúrbio na saúde bucal compromete esse mecanismo.

Atualmente, há uma grande prevalência de dores de dente que intensificaram a busca por dentistas. Um dos motivos pode ser a baixa qualidade de vida de algumas pessoas, podendo acarretar a dor crônica no dente ao mastigar. 

Vamos mostrar a você as possíveis causas de uma dor de dente ao mastigar.

Quais as causas de uma dor de dente

Muitos são os motivos para uma pessoa sentir dor ao mastigar. A dor pode estar sendo causada pelo próprio dente. Por exemplo, um dente com cárie, que está mais sensível à mudança de temperatura, está mais suscetível a apresentar dor durante a mastigação. Veja alguns outros exemplos:

Inflamação

Um dos motivos para a dor de dente pode ser processos inflamatórios bucais, como a ATM, que pode gerar dor durante a mastigação. Isso ocorre, pois a circulação sanguínea aumenta com a inflamação e, consequentemente, a sensibilidade no local.

Uma inflamação recorrente é o processo de gengivite, ou seja, a inflamação localizada na gengiva. Entretanto, pessoas com sinusite ou inflamação em outros locais da face também podem sentir dor durante a mastigação.

Doença periodontal

A doença periodontal é uma manifestação crônica, que se caracteriza pela destruição das estruturas ósseas que suportam os dentes.

Os ligamentos da estrutura e o osso alveolar, promove impactos negativos na qualidade de vida, quando são danificados de forma degenerativa, por dores e desconfortos ao mover o maxilar.

Essa doença pode ter origem genética, sendo assim, a degeneração pode se iniciar na infância e apresentar sinais de dores na fase da adolescência.

Número de dentes

Uma mastigação eficiente ocorre devido ao número de dentes, sendo assim cada um dos dentes presentes na boca tem que estar apto a fazer uma correta trituração dos alimentos.

Entretanto, caso uma pessoa possua menos dentes, ela pode apresentar um maior desgaste nos locais de mastigação, que ocorre devido ao processo degenerativo do osso, e isso pode gerar dores ao mastigar.

Encaixe dos dentes superiores com os inferiores

Quando ocorre o que conhecemos como mordida cruzada, significa que os dentes estão fora do seu encaixe natural, gerando maior sobrecarga ou impacto na área de contato.

Essa situação é responsável pelas dores e pelos desconfortos durante a mastigação.

O tratamento do encaixe dos dentes envolve o uso de expansores, a remoção de dentes caso necessário, o uso de aparelhos dentários e em últimos casos, pode haver a necessidade de uma intervenção cirúrgica.

Desvio mandibular

Até mesmo aqueles que apresentam dentes retos, podem desenvolver quadros apresentando a mordida cruzada de forma unilateral.

Ou seja, por mais que os dentes apresentam um encaixe em um dos lados, o outro lado, pode apresentar desencaixes, alterando a estrutura bucal com passar do tempo.

Sinusite

Outra dor relacionada ao ato de mastigar é a sinusite. Ao contrário do que muitos pensam, a sinusite pode causar dor no dente ao mastigar.

Isso ocorre por conta da localização das raízes dos molares superiores, elas ficam bem próximas ao assoalho dos seios maxilares, e quando afetados pela sinusite, apresentam-se com acúmulo de muco, inflamação e impacta na região.

Como saber se o nervo do dente está inflamado?

A disfunção temporomandibular (DTM) é outro fator que pode estar por trás da causa da dor ao mastigar. É um problema que afeta a musculatura e/ou a articulação na região entre a mandíbula e o crânio. Logo, o indivíduo com DTM sente um forte incômodo e dor durante a mastigação.

Quais os sintomas desses distúrbios?

Entre os principais sintomas da DTM está a dor na face, mais precisamente na articulação entre a mandíbula e o osso temporal. A dor pode piorar, ou só aparecer, ao abrir e fechar a boca, deixando o dente mais sensível na hora da mastigação, além de irradiar para outros lugares do rosto, causando, por exemplo, dor no ouvido e dores de cabeça.

Dente com canal tratado dói ao mastigar

É comum que os pacientes que fizeram o procedimento de canal reclamem sobre dor ao mastigar. Nesses casos, a dor pode durar alguns dias, porém, caso ela persista por muitos dias ou até mesmo por meses, é importante se atentar. Essa dor recorrente não é normal.

Querer mastigar com o dente tratado ou apertar eles, de forma inconsciente a noite, faz com que a força exercida sobre aquele dente retarde o processo de cicatrização, além de gerar dor.

Dor de dente persistente por muitos dias:

Algumas possibilidades de causas dessa dor por muitos dias:

  • Infiltração e recontaminação do canal: pode ocorrer devido ao longo tempo para realizar a restauração definitiva;
  • O canal realizado pode não ter sido descontaminado por inteiro: pouca irrigação, curvatura acentuada ou não localização do canal adicional pode ser motivo de dor, pois não se obteve uma limpeza completa;
  • Fratura radicular não diagnosticada.

Caso isso ocorra, peça ao seu paciente para ir ao consultório realizar uma avaliação microscópica, e descobrir se ocorreu alguma complicação após o procedimento, pois dor ao mastigar por muito tempo não é normal e sinaliza problemas.

O que fazer quando tiver dor de dente ao mastigar

Busque primeiro analisar todo o caso do seu paciente com uma boa anamnese. Peça exames e faça uma avaliação para saber qual a causa do problema do seu paciente. Diferentes diagnósticos vão resultar em diferentes tratamentos, busque a causa e faça o tratamento correto e adequado para cada situação.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.