Especialidades odontológicas

Dentística: tudo que você precisa saber sobre esta especialidade

Detística

A maioria dos pacientes possui pelo menos uma restauração em boca. Aqueles pacientes que não tem restauração, gostariam de fazer ou farão clareamento. Alguns necessitam de facetas ou laminados cerâmicos para correções estéticas. Todos os casos citados anteriormente tem uma coisa em comum: são procedimentos que competem a área da dentística, a especialidade voltada para as menores reabilitações. Apesar de ser pouco conhecida pela maioria dos pacientes, o profissional de dentística é o mais indicado para casos restauradores.

Dessa forma, preparamos um texto completo, com tudo que você precisa saber dessa especialidade. Confira!

O que é a dentística?

A Dentística como especialidade no Brasil foi inspirada na terminologia adotada nos Estados Unidos da América – “Operative Dentistry” ou operatória dental – que abrange a preparação e restauração das cavidades dentárias acometidas por cárie. 

Quando se fala nessa especialidade temos o segmento da Odontologia que busca devolver ao dente sua integridade anatômica, funcional e estética, por meio de procedimentos terapêuticos, operatórios, educativos e preventivos, podendo ser classificada em duas categorias: Dentística Restauradora e Dentística Estética.

Quais são as áreas de atuação da dentística?

Conforme a Resolução nº 63/2005 do CFO as áreas de competência para atuação do especialista em Dentística incluem:

a) procedimentos educativos e preventivos, devendo o especialista informar e educar o paciente e a comunidade sobre os conhecimentos indispensáveis à manutenção da saúde;
b) procedimentos estéticos, educativos e preventivos;
c) procedimentos conservadores da vitalidade pulpar;
d) restabelecimento das relações dinâmicas e funcionais dos dentes em oclusão;
e) manutenção e controle das restaurações;
f) restaurações das lesões dentárias através de procedimentos diretos e indiretos;
g) confecção de restaurações estéticas indiretas, unitárias ou não; e,
h) restauração e prótese adesivas diretas.

Dentística restauradora

É a área da Dentística voltada desde pequenas restaurações por cárie a grandes reconstruções diretas e indiretas por fratura dos elementos dentários.

Esta área apesar do que se acredita encontra-se cada vez mais evoluindo de maneira técnica, buscando procedimentos ao mesmo tempo, conservadores, estéticos e buscando mimetizar cada vez mais o que são os dentes naturais, diferente do que acontecia antigamente com restaurações metálicas.

Dentística estética

A área da Dentística Estética está em alta, bem como todos os procedimentos estéticos em odontologia, principalmente entre as celebridades.

Um dos fatores que proporciona este sucesso é o efeito visual causado pelas lentes de contato e facetas em resina composta que, quando bem aplicadas, abrilhantam e harmonizam o sorriso, deixando-os com um aspecto elegante e saudável.

O “boom” desses procedimentos têm aumentado a procura pela Dentística Estética em todos os consultórios. Por outro lado, vale salientar conforme a exigência dos pacientes, torna-se cada vez maior a importância de se tornar um profissional capacitado e que tenha habilidade estética e visual para fazer uso dessa especialidade e construir um sorriso diferenciado.

Como se tornar especialista em Dentística?

O título de especialista em Dentística pode se dar em duas formas: Especialização em Dentística que pode ter ênfase em Dentística Restauradora ou Dentística Estética, não diferenciando a titulação; ou por meio de uma Residência Multiprofissional.

A diferença entre estas duas modalidades é que a especialização, tanto em instituição de ensino pública ou privada, será paga. Entretanto, em alguns casos, pode se possuir bolsa mediante realização de prova.

Já os programas de residência, costumam pagar bolsa financiada pelo Ministério da Saúde e da Educação. Sendo assim, para adentrar em um programa de residência, é necessário passar por um processo seletivo que possui além da prova de conhecimentos gerais e específicos, análise de currículo lattes e entrevista.

Odontologia Interdisciplinar

O sucesso estético e funcional de outras especialidades odontológicas está diretamente relacionado com a dentística.

Um dente com pouca estrutura dentária precisa ser parcialmente reconstruído antes do tratamento endodôntico. Dessa forma, ele pode ser realizado com maior segurança para o paciente e para o profissional endodontista, bem como a finalização do tratamento de canal depende diretamente de um bom selamento da cavidade para evitar recontaminações do conduto que levariam a um retratamento.

Dentes que são ou serão pilares de prótese que precisam de grandes reconstruções também necessitam do profissional da dentística para ser feita uma reabilitação adequada.

Já na periodontia, sabe-se que se há desadaptação nas cervicais dos elementos dentários ou desadaptação dos pontos de contato interproximais, há acúmulo e retenção de alimentos que causam inflamação gengival constante podendo levar a perda óssea.

Neste ponto de vista, se você não é um especialista em dentística, tenha sempre um ao seu lado durante o planejamento de casos para maior sucesso dos mesmos.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.