Materiais odontológicos

Curativo no dente: para que serve e muito mais

Curativo no dente

O curativo no dente está presente em todo consultório odontológico devido ao uso em procedimentos rotineiros e o auxílio em tratamentos recorrentes no dia a dia dos dentistas. É uma técnica comum para proteger um elemento dentário que passa por algum procedimento feito em duas etapas.

Vamos te contar mais sobre esse utensílio dental, confira!

O que é o curativo no dente?

O curativo se trata de um selante paliativo que é feito à base de óxido de eugenol e zinco. O uso dele está relacionado ao tratamento que o dentista irá realizar, como, por exemplo, a restauração e o canal.

Como esses procedimentos mexem no interior do dente, o curativo serve para que a cavidade dentária não fique exposta a impurezas e a proliferação de microrganismos durante o tempo que o dente está sendo tratado.

De forma resumida, o uso do curativo tende a proteger o dente fraturado e a sua estrutura interna. Além disso, também será utilizado em casos que não dê para finalizar o procedimento apenas em uma consulta.

Como é feito o curativo no dente?

Vai depender do caso clínico de cada paciente. Porém, de forma geral, o dentista deve higienizar a região danificada na boca e, em seguida, colocar o curativo, para evitar o contato do dente ou da restauração quebrada, por exemplo, com os microrganismos presentes na cavidade bucal.

Curativo no dente e restauração dentária, são a mesma coisa?

Muitos acham que curativo no dente e restauração dentária são sinônimos. Porém, a restauração, por ser um processo definitivo, tem uma duração a longo prazo. Ela é responsável por uma melhora da mastigação, que foi comprometida por algum dano, por exemplo.

Além disso, ela apresenta uma melhor estética dentária, pois utiliza resina da cor dos dentes naturais.

Já o curativo é utilizado em algumas fases do tratamento realizado, por um curto período, apenas para impedir contaminações no lugar do procedimento. Além disso, ele é menos estético que a restauração devido a sua cor mais esbranquiçada.  

Quanto tempo tem que ficar com o curativo dentário?

O uso do curativo deve ser limitado e o tempo necessário de uso vai ser conforme os cuidados tomados pelo paciente. 

Mas, em média, o tempo costuma durar entre 15 a 30 dias, em que o paciente vai utilizar o curativo apenas para aliviar os sintomas.

O que o curativo faz no dente?

O curativo é utilizado no dente para diminuir a inflamação e, consequentemente, uma possível dor na região.

Sua função é “tampar” a cavidade após algum procedimento que exige mexer na parte interna do dente, como o tratamento de canal ou de cárie profunda.

Sendo assim, esse curativo impede que o dente fique “aberto” e exposto à contaminação de bactérias e retenção de alimentos, até que o tratamento seja finalizado.

Quando é necessário colocar um curativo no dente?

A restauração ou o tratamento de canal são procedimentos dentários que necessitam do uso dos curativos no dente, pois são tratamentos que muitas vezes utilizam intervalos entre uma sessão e outra. 

Esses curativos servem para que o dentista avalie a saúde do dente e o mantenha protegido. 

Outra forma de usar o curativo são em dentes que ocorreram uma quebra, sendo preciso colocar algo para proteger o interior do dente, enquanto o tratamento definitivo é programado para atender o caso do paciente. 

Cuidados com um curativo dentário

  •  Auxilie seu paciente a mastigar com o lado oposto que recebeu o curativo, além de evitar alimentos que possam danificar o curativo. Esse cuidado vale principalmente para o primeiro dia, já que o material ainda não está totalmente fixado e corre o risco de quebrar;
  • Instituir ele a manter uma higiene bucal bem caprichada após às refeições, sempre utilizando o fio dental;
  • Deixar bem claro para, em nenhum caso, remover o curativo. Pois a remoção pode piorar a situação do dente lesionado e causar algum tipo de infecção.
  • Informar a necessidade de manter as consultas de rotina com o dentista. Dessa forma, é possível avaliar o estado do curativo e os possíveis ajustes caso seja preciso, para não haver nenhum dano ao procedimento executado.

É muito importante alertar os pacientes para que o tratamento seja totalmente satisfatório.

Pode escovar os dentes com o curativo?

Sim, é necessário e muito importante que seu paciente faça a higienização bucal corretamente. A escovação com o curativo no dente deve se realizar normalmente, após as refeições e sempre utilizando o fio-dental.

Dessa forma, é interessante que você faça uma recomendação para que o paciente invista em escovas de dentes com cabeça pequena e cerdas macias a ultra macias, já que essas medidas podem ajudar a impedir a quebra do curativo antes do tempo de remoção.

O que se pode comer com o curativo no dente?

Não há restrição no que comer com o curativo. O recomendado é que se evite a mastigação de alimentos duros na região, pois o curativo para dente não possui resistência e assim pode quebrar ou sair do lugar facilmente.

Curativo no dente dói? 

Muitos dos seus pacientes podem lhe fazer essa pergunta, mas a resposta é NÃO

O que pode ocorrer é um leve incômodo para a pessoa, porém esse incômodo não é devido ao curativo e sim outros problemas apresentados.

Um problema que pode gerar essa dor é quando a estrutura dentária fica danificada e, consequentemente, ocorre maior sensibilidade na região bucal.

Avalie o seu paciente para buscar detalhadamente a causa dessa dor, para conseguir aliviar esse incômodo o mais rápido possível.

O curativo caiu: o que fazer?

Caso o paciente mesmo tomando todos os cuidados necessários perca o curativo no dente, o ideal é que você instrua ele a procurar o atendimento o mais rápido possível.

Através da consulta você poderá realizar exames clínicos e, assim, avaliar se está tudo bem, recolocando o curativo no dente ou realizando uma restauração definitiva.

Sendo assim, lembre sempre seu paciente de não continuar, em hipótese alguma, sem o curativo no dente. Pois a ausência do selante provisório pode favorecer o surgimento de doenças bucais e prejudicando a saúde bucal.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.