Empreendedorismo

Consultório odontológico: 10 ideias para você se inspirar

consultório odontológico

Não se pode negar que a decoração do consultório odontológico, desde a recepção, até os banheiros e a sala de atendimento são pontos que chamam atenção dos pacientes, e podem até serem um ponto crucial na escolha de um profissional, uma vez que o paciente tende a preferir um local que se sentiu melhor e mais acolhida, e a decoração tem poder para isso!

Seguindo esse ponto de vista, este artigo traz diversas inspirações de decorações estratégicas para o consultório odontológico, para diversos públicos, situações e cômodos, para que o profissional consiga se comunicar com seu paciente, causando uma boa impressão. 

10 dicas para consultório odontológico

1. Atenção especial na recepção:

A recepção da clínica odontológica tem um papel importante em diversos cenários que podem acontecer no consultório odontológico. Primeiramente, este local será responsável por transmitir a primeira impressão ao paciente, logo, por ser o primeiro contato, devendo ser pensada estrategicamente no público alvo. 

Além disso, outro ponto de vista importante está relacionado aos acompanhantes, uma vez que pacientes podem trazer outras pessoas que ficarão esperando na recepção, por isso também deve ser um ambiente aconchegante e confortável, com poltronas e cadeiras com estofado fofinho. 

Por último, a atenção na decoração da recepção se relaciona ao sentimento de tranquilidade, conseguindo acolher pacientes com algum medo de ir ao dentista. Por ser ainda bastante comum conhecer pacientes que possuem medo ou trauma de dentista, é preciso escolher as cores da recepção que ajudem o paciente a se sentir tranquilo enquanto aguarda para ser atendido. 

Sendo assim, uma recepção bem planejada deve se comunicar com o seu público alvo logo no primeiro contato, possuir cadeiras e poltronas confortáveis e ter cores que transmitam tranquilidade de maneira predominante na sala. 


Inspiração recepção. Fonte: Pinterest

2. Se atente ao espaço disponível

Se encher de inspirações e querer colocar tudo em um espaço pequeno pode acabar criando um ambiente não muito agradável. Por isso, é muito importante trazer elementos que valorizem o espaço disponível. 

Caso tenha um local maior, pode apostar em um móvel mais sofisticado e diferente, sofás maiores, ou até mesmo uma dividirão no ambiente, com um local para cafés, um local para TV, etc. Entretanto, essa não é a realidade na maioria dos consultórios, logo, apostar em móveis planejados e úteis, além de estratégias que façam o local parecer maior, será uma ótima escolha.

Um exemplo é um espelho bem-planejado e no local correto, que pode trazer mais amplitude para o espaço e também móveis que sejam funcionais. 


Espelho para trazer mais amplitude ao espaço.
Fonte: Pinterest

3. Estude a psicologia das cores:

Pode não parecer muito importante, mas as cores predominantes da decoração do consultório possuem um papel muito importante nas emoções de todos que o frequentam. Nessa ótica, a psicologia das cores é um estudo que revelou que o cérebro humano identifica e entende cada cor de uma forma diferente, podendo esta influenciar nas suas emoções, desejos e sentimentos. 

Sendo assim, é possível listar as cores e seus significados, para ficar mais clara a escolha de cores que fazem mais sentido nos consultórios, como:

  • Azul: paz, tranquilidade, calma, estabilidade, harmonia, unidade, confiança, verdade, segurança, limpeza, ordem
  • Branco: proteção, respeito, mesura, pureza, simplicidade, limpeza, paz, humildade
  • Amarelo: sensação de dinamismo, estímulo, conforto e felicidade. É a cor associada ao otimismo, à confiança e à energia, tendo a capacidade de estimular a concentração e o intelecto. 
  • Verde: sensação de equilíbrio, natureza, paz e saúde. Esta cor representa a estabilidade e a possibilidade, tem um efeito calmante e a capacidade de ajudar a aliviar o stress.

Importante ressaltar que as cores não precisam estar presentes em todo espaço, como em paredes, mas podem aparecer em detalhes, como cadeiras, objetos de decoração, quadros, etc. 


Itens decorativos da cor azul. Fonte: Pinterest

4. Pendure conquistas

Como foi dito, os quadros costumam ser grande aliados das decorações dos consultórios odontológicos e ter quadros com significados deixa tudo ainda melhor. 

Profissionais da odontologia possuem diversos certificados, entre deles de graduação, diversos cursos, pós-graduação, etc. E uma das formas de passar credibilidade aos pacientes é expor na parede essas conquistas.

Dessa maneira, além de auxiliar na decoração de alguma parece que ficaria vazia, possibilitará o paciente a conhecer a experiência profissional. 


Parede de certificados. Fonte: Pinterest

5. Escolha a iluminação correta 

Sem dúvidas uma iluminação pode ser capaz de valorizar muito o ambiente, mas da mesma forma, se for escolhida equivocadamente, o contrário também pode acontecer. Por isso, o cuidado no momento de escolher a iluminação do consultório odontológico se torna imprescindível! 

A boa iluminação começa na recepção, com lampadas com temperatura de 2.700K a 3.000K, favorecendo a criação de um ambiente confortável. Já dentro do consultório, não se recomenda essa mesma lâmpada, pois pode afetar a produtividade dos dentista e não dar a sensação de limpeza e clareza, necessária. Logo, se utilizam lâmpadas de cores neutras ou frias, de 4.000K a 8.000K. 

Além disso, de acordo com especialistas, as lâmpadas de led são as mais utilizadas nos consultórios odontológicos, por serem mais eficientes e também mais econômicas. 

6. Se atente a ergonomia de todo consultório 

De modo geral, a ergonomia visa proporcionar menos riscos físicos, mentais e emocionais e também maior conforto deses funcionários. Nesse ponto de vista, a escolha de materiais e, principalmente, móveis, se faz muito importante, pois caso contrário, além de colaborar com riscos ergonômicos, também diminuem a capacidade produtiva.

Existem diversos tipos de ergonomia, entretanto, dois principais se destacam quando se trata de decoração, sendo:

  • Ergonomia física: garante a postura no ambiente de trabalho, a redução dos movimentos repetitivos e adequação do ambiente conforme as necessidades individuais dos colaboradores.
  • Ergonomia operacional: focada em oferecer boas condições de trabalho aos funcionários, a ergonomia operacional tenta evitar ao máximo a sobrecarga dos colaboradores. Ela projeta as estruturas necessárias para que a atuação dos times aumente, garantindo qualidade no trabalho mesmo com o crescimento no volume das demandas.

Dessa maneira, visando uma melhor ergonomia física e operacional, procure cadeiras confortáveis e reguláveis para diferentes alturas, de forma que não impacte a postura dos funcionários e mesa de trabalho entre 65cm e 70cm, que são as alturas indicadas para mulheres e homens, respectivamente. Além disso, procure ferramentas como apoio e pé e outras formas de deixar o colaborador mais confortável.

7. Pense em toda experiência do cliente

Hoje em dia muito se fala sobre experiência, um produto não é vendido mais como um produto qualquer, e sim como uma experiência diferenciada que ele proporcionada. Com esse ponto de vista, porque não levar aos pacientes que vão ao consultório não só uma consulta de rotina, mas uma experiência. 

Existem algumas formas de proporcionar isto ao paciente, como:

  • Cantinho com brindes, como mini pasta de dente e mini escova de dente;
  • Cantinho com algum jogo, como, por exemplo, um pote com um número x de fio dental e o cliente tem que adivinhar quantos possui;
  • Tenha várias revistas atualizadas na recepção.

Enfim, use a criatividade para deixar a visita do paciente ao consultório sempre melhor. 

Brincadeira para adivinhar a quantidade de fio dental dentro do pote. Fonte: Pinterest

8. Não se esqueça dos lavabos 

A decoração também entra nos lavabos e alguns detalhes se fazem muito importantes. Ter um lavabo estético e funcional pode favorecer ainda mais o sentimento de conforto e aconchego que se pretende passar ao paciente. 

O lavabo funciona como uma extensão da recepção, logo, a decoração deve conversar com todo consultório e por menor que seja, deve ser cômodo! Para isso, utilize espelhos bonitos que auxiliam tanto na decoração quanto em conferir amplitude ao local, deixe um espaço para mulheres pendurarem suas bolsas, tenha sabonetes cheirosos e, por fim, planeja a iluminação. 

9. Use itens decorativos de acordo com sua especialidade

Utilizar a especialidade como fonte de inspiração para a decoração do ambiente pode ser uma ótima opção! Além de conversar ainda mais com o público alvo do consultório, fica ainda mais fácil passar a identidade do profissional especialista.

A área de pediatria pode ser a mais fácil de servir de inspiração, pois esses consultórios especializados costumam ter ambientes mais coloridos, decorações mais infantis, espaços para crianças brincarem, etc. Mas outras especialidades também conseguem se fazer presente na decoração, como o ramo da ortodontia, que pode apostar em quadros de aparelho e pessoas sorrindo com diferentes tipos de aparelho.

10. Tenha itens decorativos para datas festivas

Durante todo ano existem diversas datas festivas, como carnaval, páscoa, dia dos pais, dia das mães, dia das crianças, natal, etc. E ter decorações no consultório que relembre essas datas pode ser mais uma forma de alegrar seu paciente.

Claro que devem ser itens pequenos, que não poluam o ambiente, mas, mesmo com o lema “menos é mais” é possível levar a magia destas datas aos pacientes. Mas, aqueles que se sentirem resistentes a mudar a decoração do consultório odontológico, podem apostar em brindes diferentes nessas datas especiais!


Lembrancinha de natal para consultório odontológicas. Fonte: Pinterest

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.