Procedimento Estético

Clareamento caseiro: tudo que você precisa saber

clareamento caseiro

Com a valorização da estética, os profissionais da odontologia estão realizando cada vez mais procedimentos de clareamento dental, como o clareamento caseiro.

É importante destacar que, mesmo que o objetivo seja a estética, o profissional deve respeitar a filosofia conservadora, que prioriza a preservação dos dentes sadios. Com isso, torna-se fundamental que o dentista conheça os materiais e as técnicas, além de saber aplicá-los para alcançar o resultado desejado pelo paciente de forma segura e supervisionada.

Escurecimento dos dentes

Existem diversos fatores que podem ocasionar a alteração da cor dos dentes, podendo ser intrínsecos ou extrínsecos.

Alteração por causa extrínseca

O escurecimento dos dentes por causa extrínseca é geralmente resultado da alimentação do indivíduo. Inclui-se nos possíveis fatores o consumo excessivo de café, vinho, chá, alguns sabores de refrigerante, alimentos com corante, chimarrão e o tabagismo. Além disso, as manchas podem ser consequência também dos hábitos de higiene pessoal do paciente. Nesses casos, o cirurgião dentista possui maior facilidade em tratar o escurecimento dos dentes consequentes de causa extrínseco, quando comparado ao intrínseco. 

Alteração por causa intrínseca

A alteração por causa intrínseca possui uma maior dificuldade para o tratamento, dada sua complexidade. Estas modificações são consequentes de manchas internas incorporadas na estrutura do dente. Em alguns casos, estes tipos de mancha não conseguem ser removidas com o clareamento e tornam necessária a restauração do dente. Suas causas são variadas, podendo estar relacionados com a genética, idade, doenças congênitas, uso de alguns antibióticos, traumas dos dentes, alterações na formação dos dentes ou elevados níveis de flúor.

O que é clareamento dental?

Clareamento caseiro é o procedimento utilizado pelos dentistas visando o clareamento da coroa dos dentes para obter uma coloração mais harmônica, que funciona como uma reversão química ao escurecimento da dentina. O clareamento dos dentes pode ser feito por meio da técnica caseira ou aquela realizada nos consultórios de odontologia. Em ambos os casos, é imprescindível que o profissional da odontologia acompanhe o tratamento a fim de evitar complicações e garantir o resultado esperado pelo paciente.

Os agentes clareadores, com o auxílio de radicais livres, quebram as moléculas pigmentadas. Com isso, estas passam a ser menores e menos pigmentadas, reduzindo as manchas dos dentes. Essas substâncias se apresentam em diferentes concentrações e podem estar combinadas com outros agentes, como os estabilizadores, dessensibilizantes e modificadores de consistência.

Como saber se o paciente pode realizar o procedimento de clareamento caseiro?

É importante também que o dentista faça uma adequada anamnese do paciente a fim de verificar se este está apto a realizar o procedimento de clareamento dental. O procedimento não é invasivo (quando comparado a uma restauração, por exemplo), mas o profissional precisa acompanhar todas as etapas a fim de evitar complicações e minimizar os riscos.

Assim, o profissional da odontologia precisa realizar um exame clínico e/ou radiológico a fim de verificar causadores de efeitos adversos, como cáries, trincas, exposição de dentina e retração da gengiva. Dentre essas consequências, encontra-se a sensibilidade nos dentes, que ocorre com a penetração do agente clareador na estrutura do dente.

Clareamento caseiro

Clareamento caseiro dos dentes

O clareamento dental caseiro é feito com a supervisão do profissional da odontologia e pode ser realizado pelo próprio paciente em casa. A dificuldade na adesão deste método de clareamento consiste no comprometimento que o paciente deve ter em realizar o procedimento, além da paciência para aguardar o resultado, que não é imediato.

Mesmo assim, diante das vantagens do clareamento caseiro, ele é, normalmente, a opção mais escolhida pelos profissionais. Para realizar o procedimento, o paciente deve aplicar o gel clareador nos dentes e usar as moldeiras para manter o contato do gel com os dentes. Ademais, entre as substâncias clareadoras, alguns profissionais preferem, para esta técnica, utilizar o peróxido de carbamida em concentrações baixas, estando entre 10% a 22%. 

O gel usado pode conter, além do agente clareador, o Carbopol, que além de agir como espessante, colabora também para a liberação mais lenta de oxigênio. Consequente a isso, o produto age por mais tempo no dente do paciente, sendo então recomendado para o uso noturno.

Clareamento no consultório

Como outra opção de procedimento, o profissional pode recomendar o clareamento dental realizado no consultório odontológico. Nesses casos, utiliza-se uma concentração maior dos agentes clareadores, como, por exemplo, o peróxido de hidrogênio a 35%.

Este método tem como vantagem o fato de demandar apenas uma consulta odontológica para atingir o resultado esperado. Além disso, o profissional possui um maior controle da aplicação, fazendo com que os locais de retração gengival não sofram com as reações de sensibilidade consequente da quantidade aplicada de gel, gerando um derramamento deste para a gengiva.

No entanto, como desvantagem, este método possui maior grau de hipersensibilidade quando comparado ao método caseiro, dado que a substância em maior concentração tem maior facilidade para atingir a polpa dos dentes. Além disso, os custos envolvidos são maiores e há maiores chances de recidiva da cor a longo prazo.

Vantagens e desvantagens do clareamento caseiro

Dentre as vantagens do clareamento caseiro, encontra-se:

  • Gel clareador pouco agressivo ao dente;
  • Menor custo do procedimento;
  • Menor recidiva de cor a longo prazo;
  • Menor tempo do paciente no consultório.

No entanto, as desvantagens incluem:

  • Necessidade da colaboração do paciente;
  • Maior tempo de tratamento;
  • Necessidade de adaptação do paciente com a moldeira.

Moldeira de clareamento dental caseiro

Clareamento dos dentes com moldeira

Quando o dentista opta pelo clareamento caseiro, este precisa realizar o molde da cavidade oral do paciente para confeccionar a moldeira. Assim, é possível realizar o clareamento em casa com segurança e conforto.

Outrossim, uma das vantagens do molde é que o paciente pode utilizá-la no período noturno, fazendo com que o agente clareador fique mais tempo em contato com o dente. 

Valor do clareamento dental caseiro

Segundo a Tabela Referência para Procedimentos Odontológicos, o preço do clareamento dental caseiro por arcada varia por volta de R$ 340,00.

No entanto, é necessário destacar que este valor está sujeito a alterações quanto a diversos fatores, como a região em que se localiza o consultório.

Conduta do profissional da Odontologia

Fica evidente a importância do acompanhamento do profissional da odontologia durante todo o tratamento de clareamento caseiro. Assim, este precisa realizar todos os exames para saber se o paciente está apto para tal, a fim de evitar possíveis complicações.

Além disso, o profissional também é responsável por orientar o paciente e acompanhar o tratamento a fim de promover a melhor assistência ao indivíduo. Dessa forma, o dentista consegue chegar ao resultado desejado pelo paciente com segurança.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.