Tratamentos odontológicos

Botox na odontologia: aplicação, benefícios e muito mais

botox

Atualmente os consultórios recebem uma enorme procura de procedimentos estéticos, sendo a aplicação de toxina botulínica um dos mais procurados. O Botox na odontologia tem ganhado cada vez mais visibilidade, visto que o procedimento devolve autoestima aos pacientes e pode ser aplicado pelo dentista com segurança e eficácia.

Portanto, hoje iremos esclarecer todas as dúvidas referente ao Botox, sua aplicação, vantagens, valor e muito mais. Confira!

O que é o Botox?

O Botox, nome popular da toxina botulínica, é uma proteína produzida pela bactéria Clostridium botulinum, causadora do botulismo. Entretanto, ganhou destaque pelos seus usos medicinais, tanto para fins estéticos, como no tratamento de doenças como distonias, estrabismo, suor excessivo, enxaqueca, fibromialgia, entre outros.

A toxina botulínica é uma proteína que age inibindo a liberação da acetilcolina, responsável pela contração muscular. Como resultado, se tem a paralisação ou o enfraquecimento temporário da atividade do músculo, reduzindo a contração muscular. Entretanto, com o passar do tempo, ocorre o reestabelecimento da liberação da acetilcolina e gradualmente se tem o retorno da função muscular.

Quanto tempo dura o Botox?

O tempo de duração da toxina botulínica é variável, dependendo de vários fatores como a fisiologia do paciente, dose, músculos atingidos e ação esperada. Dessa forma, quanto maior for a ação muscular, menor será a duração do efeito do produto. Após a aplicação do produto, o efeito começa a ser observado entre 3 e 7 dias, tendo seu efeito máximo entre 10 e 15 dias, tendo a sua duração, uma média variável de quatro a seis meses.

Para que serve o Botox na odontologia?

Na odontologia, o Botox pode ter várias aplicações, além das aplicações estéticas, pode-se utilizar em casos de sorriso gengival, assimetria do sorriso, hábitos como bruxismo ou briquismo, hipertrofia do músculo masseter, disfunções da articulação temporomandibular, redução de forças musculares após reabilitação com implantes dentários e sialorreia.

Botox e harmonização facial

Como já mencionado, a toxina botulínica também pode ser utilizada para fins estéticos, sendo eles a correção e o levantamento do ângulo da sobrancelha e suavização de rugas de expressão, como os pés de galinha e linhas de expressão ao redor da boca.

Dentista pode aplicar Botox?

Sim, o dentista pode aplicar o Botox! Segundo a legislação vigente, o dentista é um profissional capacitado para a utilização da toxina botulínica, tanto para fins terapêuticos, como para fins estéticos. Desde 2019, o CFO reconhece a harmonização orofacial como especialidade odontológica, a partir da resolução 198/2019. Portanto, é permitido aos dentistas realizarem tratamentos com Botox, preenchedores e laser, além de técnicas cirúrgicas para correção de lábios e bochechas.

Entretanto, para que o mesmo possa realizar tais funções é necessário que o profissional tenha especialização em Harmonização Orofacial, em cursos com carga mínima de 500 horas. O dentista com especialização em cirurgia e traumatologia bucomaxilo facial, com atuação efetiva nos últimos cinco anos, também tem o direito ao registro de especialista em harmonização orofacial. No mais, profissionais de qualquer outra especialidade, que atuem há cinco anos, e tenham, no mínimo, 360 horas de cursos que englobam o conteúdo também podem aplicar Botox em pacientes.

É seguro aplicar Botox com dentista

É muito seguro a aplicação do Botox por um dentista, entretanto, além da necessidade de verificação do histórico do profissional, também é necessário possuir as devidas exigências determinadas pelos CFO para tal função.

Como é feita a aplicação do Botox?

Primeiramente, a toxina botulínica é diluída em água, para evitar reações. Em seguida, ocorre a limpeza da região de aplicação, para evitar a contaminação de agentes patógenos. Posteriormente, se aplica anestésico na região, seguida da aplicação do Botox com o auxílio de uma agulha bem fina. Portanto, o procedimento é completamente indolor, realizado em um tempo relativamente curto, estando o paciente acordado e consciente a todo momento.

Quais os cuidados necessários antes e depois do tratamento?

Deve-se realizar os primeiros cuidados antes do procedimento, sendo necessário a realização de alguns exames, como radiografias e testes complementares, a fim de garantir a segurança e saúde do paciente.

Após o procedimento, deve-se orientar o paciente os devidos cuidados a serem seguidos, como exposição ao sol e massagem da área tratada. Além desses, deve-se repassar recomendações sobre medicações e repousos necessários.

Por fim, deve-se passar recomendações sobre os retoques, que serão efetuados futuramente. Geralmente, o espaço de seis ou mais meses pode ser recomendado para isso, mas tudo dependerá de cada caso e dos seus objetivos pretendidos com o procedimento.

Quais são a contraindicações da toxina botulínica?

A aplicação do Botox não possui muitas contraindicações, estando vetado apenas as grávidas, lactantes, e portadores de doenças neuromusculares e autoimunes, ou alérgicos a toxina botulínica, a lactose e a albumina.

Efeitos colaterais da toxina botulínica

Apesar da aplicação do Botox ser um procedimento considerado minimamente invasivo, alguns efeitos colaterais, apesar de pequenos, podem ser observados após a aplicação. Dessa forma, o dentista deve ficar atento a possíveis complicações, sendo elas:

  • Hematomas, dores, inchados, que apesar de comum, podem surgir no local de aplicação, ou em regiões próprias;
  • Dor de cabeça passageira pode ser observada em casos de aplicação na área da testa;
  • Fraqueza temporária nos músculos próximos ao local da aplicação é incomum, mas pode ocorrer conforme a resposta do organismo à exposição ao medicamento;
  • Raramente ocorre um rebaixamento da sobrancelha e da pálpebra, entretanto pode ocorrer.

De maneira geral, a aplicação da toxina botulínica é bem segura, não gerando efeitos colaterais. Entretanto, quando os mesmos ocorrem, são temporários e leves, não impactando nas atividades cotidianas do paciente.

Botox preço

O valor médio para a aplicação do Botox costuma ser R$1500,00. Entretanto, o preço pode variar de R$900,00 a R$2500,00, dependendo do profissional, da região de aplicação e da força muscular da área tratada.

A toxina botulínica trouxe vários benefícios para os pacientes odontológicos, sendo alternativa de tratamento pouco invasiva e com efeitos duradouros. Além disso, pode ser complementar a harmonização facial com outros tratamentos estético-funcionais.

Portanto, a relação entre os dentistas e o Botox é uma constante, formando, profissionais cada vez mais capacitados para administrarem a substância e obter sucesso no tratamento.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.