Tratamentos odontológicos

Aparelho ortodôntico: saiba tudo sobre o assunto

Aparelho ortodôntico

Com a evolução da odontologia, observamos também um avanço na ortodontia, principalmente quando nos referimos ao aparelho ortodôntico.  Esse aparelho possui diversos tipos, visando realizar a correção da má oclusão, ou seja, corrige a posição dos dentes encaixando-os na mordida adequadamente.

Dessa forma, montamos um artigo para te mostrar os tipos de aparelho ortodôntico, indicações e muito mais, veja:

O que é aparelho ortodôntico?

O aparelho ortodôntico, também conhecido como aparelho dentário, é um dispositivo utilizado para estimular as movimentações dos dentes. Sendo assim, ele visa corrigir a posição dos dentes, por motivos de ordem funcional ou de má oclusão, para promover o alinhamento da arcada dentária e/ou ossos da mandíbula e maxila do paciente. 

Portanto, diversos podem ser os problemas dentários resolvidos com o aparelho ortodôntico e o uso de cada modelo vai depender do problema do seu paciente.

Para que serve o aparelho ortodôntico?

O aparelho ortodôntico é utilizado para prevenir ou para consertar problemas relacionados ao nascimento ou desenvolvimento dos dentes, além da condição de má oclusão dental.

Dessa forma, o aparelho é recomendado para tratar questões relacionadas às dificuldades para encaixar os dentes superiores e os inferiores ao fechar a boca, o que gera dor e desconforto na região do maxilar.

Veja alguns dos casos em que é necessária a utilização do aparelho ortodôntico:

1) Mordida cruzada

A mordida cruzada acontece quando parte da arcada dentária superior se encaixa por dentro da arcada dentária inferior.

2) Mordida aberta

A mordida aberta acontece quando não há contato entre os dentes superiores e os inferiores. Existem três diferentes casos de mordidas abertas, que são a mordida aberta anterior, mordida aberta posterior e a mordida aberta lateral.

3) Mordida cruzada anterior

No caso da mordida cruzada anterior, a arcada dentária superior não se encaixa perfeitamente com a inferior, fazendo com que o queixo da pessoa fique projetado para frente.

4) Diastema

Diastema é um espaço extra que se forma entre os dentes, podendo ser entre dois ou mais. 

5) Apinhamento

O apinhamento ocorre quando os dentes não conseguem se acomodar perfeitamente na arcada dentária, pois existem dentes demais para a arcada pequena.

Quem pode usar o aparelho ortodôntico?

Geralmente, o aparelho ortodôntico pode ser usado por qualquer paciente que tenha uma disfunção na arcada dentária. Além disso, como há diversos modelos, existem aparelhos próprios para crianças, adultos e alguns podem ser usados até por idosos.

Porém, é preciso levar em consideração outro detalhe: não se indica o uso do aparelho para pacientes que tenham outros problemas específicos, como tártaro, gengivite e periodontite.  Sendo assim, a indicação é que antes de colocar o aparelho você realize o tratamento desses problemas.

Quais os tipos de aparelho ortodôntico?

Há modelos fixos e removíveis, com ou sem bráquetes, metálicos e transparentes, cada um com uma finalidade específica. Veja:

Aparelho fixo metálico

Esse é o tipo mais conhecido dos aparelhos ortodônticos, caracterizado pela presença de fios, bandas e bráquetes. Além disso, esse modelo necessita do uso das borrachinhas de elástico, o que pode ser incômodo para o paciente.

Porém, uma das maiores vantagens desse aparelho são os resultados bastante satisfatórios e, por apresentarem diferentes técnicas e tipos, costumam resolver qualquer caso desde que bem-planejado e executado o processo.  

A desvantagem é que o paciente pode sofrer com feridas na boca e nas mucosas. Além de que para realizar a higienização o seu paciente deverá ter bastante cuidado, caso contrário, a pessoa pode desenvolver cárie e doenças nas gengivas.

Aparelho fixo estético

Os aparelhos fixos estéticos são mais discretos e seus modelos podem ser feitos de policarbonato, porcelana e safira. Como os fixos metálicos, eles também contam com bráquetes, porém transparentes, o que torna o acessório quase imperceptível. 

Modelo de policarbonato

O aparelho de policarbonato é confeccionado com uma resina plástica. As peças têm a cor branca. Além disso, ele também vai precisar das borrachinhas, mas, nesse caso, elas podem ser brancas, para tornar o aparelho mais discreto.

Modelo de porcelana

O aparelho de porcelana apresenta uma cor branca e leitosa, seus bráquetes são menores do que os do modelo de policarbonato e mais resistentes. Uma das principais vantagens dessa opção é que suas pecinhas não mudam de cor com o passar do tempo, quando o paciente realiza a higienização bucal adequada.

Modelo de safira

O aparelho de safira é o modelo com o custo mais elevado, uma vez que suas peças são confeccionadas com porcelana monocristalina e, por isso, parecem-se com vidro. Logo, elas se misturam facilmente à cor dos dentes do paciente, tornando seu uso quase imperceptível.

Aparelho autoligado

O modelo autoligado também é confeccionado em metal, mas ele não necessita das borrachinhas em elástico, pois o fio ortodôntico é preso diretamente no bráquete, tornando o seu uso mais confortável e discreto. Além disso, seus bráquetes são pequenos se comparados aos do modelo convencional. 

Alinhadores transparentes

Os alinhadores transparentes ou “aparelhos invisíveis”, são um dos modelos mais modernos existentes atualmente, pois são confeccionados com a ajuda de softwares específicos, sob medida, conforme a arcada dentária do paciente.

Dessa forma, além deles se encaixam com perfeição na boca, seu uso é praticamente imperceptível. 

Além disso, os alinhadores transparentes são removíveis e devem ser retirados na hora das refeições e da higiene bucal. Entretanto, esse aparelho ortodôntico é indicado para casos mais simples de desalinhamento dentário, além de ser mais caro que os outros modelos.

Aparelho ortodôntico móvel

A principal finalidade do aparelho móvel ou expansor palatino é: remodelar, estimular, retrair e expandir as estruturas ósseas de suporte dos dentes (maxila e mandíbula), ou seja, ampliar o arco dentário e ajudar também no tratamento de doenças como o bruxismo.

Aparelho de contenção

Ao finalizar a fase de alinhamento da arcada dentária, para que os dentes não retornem à posição anterior ao tratamento, são usados os chamados aparelhos ortodônticos de contenção. Além disso, outra alternativa são as chamadas férulas de contenção. É um fio de arame que é “colado” ou fixo pela parte de trás dos dentes, evitando o seu deslocamento.

Quanto tempo dura o tratamento com o aparelho ortodôntico?

Por mais que essa seja uma dúvida muito comum que seu paciente tenha, não é possível afirmar com exatidão quanto tempo dura o tratamento, pois cada tratamento é individualizado e varia conforme aspectos, como:

  • complexidade do caso;
  • tipo de aparelho escolhido;
  • resposta do organismo;
  • comparecimento às consultas de manutenção;
  • cuidado do paciente com o aparelho.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.