Procedimento Estético

Ácido hialurônico: o que é, benefícios e muito mais

acido hialurônico

No Brasil, o Conselho Federal de Odontologia (CFO) regulamentou e reconheceu a área da Harmonização Orofacial (HOF) em 2019, estabelecendo as normas para o exercício da HOF e utilização do ácido hialurônico pelos dentistas no país.

Essa resolução abrange procedimentos estéticos e terapêuticos relacionados à face, como aplicação de toxina botulínica, preenchimentos faciais com ácido hialurônico, entre outros. Dito isso, é de extrema importância o conhecimento integral sobre esse composto e suas utilizações na odontologia.

O que é ácido hialurônico?

O Ácido Hialurônico é um tipo de glicosaminoglicano, que é uma molécula de açúcar encontrada em várias partes do organismo, como na pele, nos tecidos conjuntivos e nas articulações. Presente naturalmente no corpo humano, essa molécula tem a capacidade de reter água, o que o torna um excelente agente hidratante. Além disso, ajuda a lubrificar as articulações, o que permite que elas se movam suavemente. Ele também desempenha um papel na cicatrização de feridas, na regulação do crescimento celular e na proteção dos tecidos.

Apesar de todos esses benefícios, com o envelhecimento a produção do ácido hialurônico diminui, o que relaciona-se com o aparecimento das rugas e mudança do volume facial. Com isso, esse composto biocompatível amplamente utilizado na área estética, principalmente em procedimentos de preenchimento facial, tem como um dos objetivos manter a pele com aspecto jovem.

Como funciona procedimentos com ácido hialurônico? 

Quando se trata de harmonização ou preenchimento, os procedimentos acontecem da seguinte forma:

Primeiramente, pode ser aplicado um anestésico na pele 20 minutos antes de injetar o ácido, deixando o procedimento ainda mais indolor e confortável ao paciente. Depois disso, o Ácido Hialurônico é injetado na derme com uma microcânula, onde atua como preenchedor dérmico.

Sendo assim, preenche o espaço entre as células da pele, suavizando as rugas, linhas de expressão e sulcos faciais, restaurando o volume e a aparência jovem da pele.

O efeito preenchedor é imediato, entretendo, somado a isso, ele também estimula a produção de colágeno, o que melhora a qualidade e aparência da pele a longo prazo.

O procedimento dura em média de 10 a 20 minutos e o paciente logo poderá ver com espelho em mãos o resultado.

É importante mencionar que o composto é considerado seguro, porém como qualquer procedimento médico, podem ocorrer efeitos colaterais ou complicações.

Benefícios do ácido hialurônico

Ácido hialurônico

O ácido hialurônico oferece uma série de benefícios para a saúde e a estética do corpo. Alguns dos principais benefícios associados ao seu uso, são:

Hidratação da pele: 

Por ter a capacidade de reter água em quantidades significativas, ajuda a manter a pele hidratada, suave e flexível. Logo, isso auxilia no combate a secura, a descamação e a aspereza da pele.

Redução de rugas e linhas de expressão: 

Como foi dito, o composto é amplamente utilizado em procedimentos de preenchimento facial para suavizar rugas e linhas de expressão, pois quando injetado na pele, preenche o espaço entre as células, promovendo um efeito de preenchimento e reduzindo a aparência das rugas.

Aumento de volume e contorno facial:

 Usa-se ácido hialurônico para restaurar o volume perdido no rosto devido ao envelhecimento ou a outros fatores, uma vez que ele pode aumentar os lábios, melhorar o contorno das maçãs do rosto, preencher sulcos e rugas profundas, e restaurar a plenitude das bochechas.

Melhora da textura e elasticidade da pele: 

Por estimular a produção de colágeno, uma proteína essencial para a firmeza e elasticidade da pele, a pele fica mais firme, suave e com uma aparência mais jovem.

Alívio dos sintomas da osteoartrite:

Além dos procedimentos estéticos, também utiliza-se ácido hialurônico em tratamentos médicos para aliviar sintomas de osteoartrite, uma condição que afeta as articulações. Quando injetado nas articulações afetadas atua como um lubrificante e amortecedor, melhorando a mobilidade, reduzindo a dor e a inflamação.

Cicatrização de feridas: 

Ele ajuda a estimular a regeneração celular, promovendo a cicatrização de feridas e ferimentos mais rapidamente.

Proteção das articulações: 

O ácido hialurônico é um componente importante do líquido sinovial, que ajuda a lubrificar e amortecer as articulações. Ele melhora a função articular, reduzindo o atrito entre as superfícies articulares e protegendo as articulações do desgaste.

Principais procedimentos com ácido hialurônico da odontologia:

Aplicação do ácido hialurônico

A odontologia utiliza o ácido hialurônico em diferentes procedimentos relacionados à harmonização orofacial e saúde bucal. Alguns dos principais procedimentos em odontologia, são:

  • Preenchimento labial;
  • Contorno facial;
  • Tratamento do sorriso gengival;
  • Recuperação de tecidos periodontais; 
  • Suporte para implantes dentários.

Quanto demora para o ácido hialurônico fazer efeito?

O tempo para que o ácido hialurônico faça efeito varia conforme o procedimento realizado e das características individuais. Geralmente, os resultados iniciais podem ser vistos imediatamente após o procedimento, principalmente no caso de preenchimento facial ou labial.

No entanto, é importante ter em mente que o ácido hialurônico também pode levar algum tempo para se estabilizar e para que os resultados sejam completamente visíveis, uma vez que, o processo de integração do composto com os tecidos da pele leva algumas semanas, para que o organismo absorva a substância.

Além disso, em procedimentos de preenchimento facial, é comum apresentar algum inchaço inicialmente, mas isso tende a diminuir com o tempo à medida que o produto se assenta e a pele se adapta à substância. Os resultados podem ser avaliados após algumas semanas ou meses, quando o inchaço diminui e o ácido hialurônico se estabiliza.

Ácido Hialurônico e Vitamina C 

O ácido hialurônico e a vitamina C são dois ingredientes amplamente utilizados em produtos para cuidados com a pele e, muitas vezes, combinados fornecendo benefícios adicionais.

A vitamina C também desempenha um papel importante na odontologia, embora seu uso não seja tão comum quanto em cuidados com a pele. Ela pode ser utilizada em situações específicas relacionadas à saúde bucal. Mas, diferentemente do ácido hialurônico, enquanto um hidrata e preenche a pele, a vitamina C é responsável por auxiliar na proteção contra danos ambientais, clarear a pele e estimular a produção de colágeno.

Seguindo nesse ponto, uma das principais funções da vitamina C na odontologia é auxiliar na cicatrização de feridas, incluindo incisões cirúrgicas na boca. Somado a isso, como foi dito, essa vitamina é essencial para a formação do colágeno, uma proteína fundamental na regeneração dos tecidos, contribuindo, assim, para uma cicatrização mais rápida e eficiente.

Sabe-se então que a combinação desse ácido e a vitamina em produtos para cuidados com a pele podem ajudar a melhorar a hidratação, a elasticidade, a firmeza e a luminosidade da pele.

Por fim, é importante ressaltar que a eficácia da combinação depende da concentração e da estabilidade dos ingredientes nos produtos utilizados.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.