Doenças odontológicas

Abscesso no dente: causa, sintoma e muito mais

Abscesso no dente

Abscesso no dente é uma infecção bacteriana em que há o acúmulo de pus, líquido de cor branco-avermelhado contendo glóbulos brancos vivos ou mortos, tecido morto e bactérias, devido a uma desintegração de tecidos. Portanto, eles podem estar presentes tanto nos dentes, quanto nas gengivas, e são dois os tipos de abscessos existentes.

Além disso, eles podem causar dor intensa ou inchaços na região oral. Dessa forma, o problema tem tratamento e é de fácil identificação, porém caso não seja tratado pode levar a complicações mais graves. 

Veja tudo sobre o abscesso dentário neste artigo.

O que é um abscesso no dente?

O abscesso dentário é uma infecção provocada por bactérias que causam o acúmulo de pus ao redor do dente ou na ponta da raiz dele.

Portanto, na maioria das vezes, é detectável facilmente devido à presença de inchaço ou caroço, que ocorre devido ao acúmulo pus.

Além disso, esse abscesso no dente pode ter diferentes causas que vão desde uma cárie antiga que não foi tratada corretamente até uma peritonite.

Quais são os tipos de abscesso dentários?

Há dois tipos diferentes de abscesso dentário, sendo o periodontal e o periapical.  Essa denominação que eles possuem é devido à área onde ocorreu a infecção. 

Abscesso periodontal

O abscesso periodontal é também conhecido como uma periodontite não controlada. O que ocorre é um acúmulo de comida entre o dente e a gengiva. Sendo assim, a infecção irá se alojar entre as gengivas e o osso;

Abscesso periapical

O abscesso dentário periapical, por sua vez, é aquele que atinge sempre a ponta da raiz do dente. Portanto, esse tipo de abscesso está mais relacionado com os casos de cárie que evoluem para problemas de canal, ou seja, ele surge na raiz do dente e logo em seguida se espalha para o osso adjacente.

O que causa o abscesso dentário?

Há diversos motivos que levam ao surgimento de abscesso nos dentes, algumas dessas causas envolvem:

  • Infecções gengivais e periodontais
  • Dentes do siso inflamados (pericoronarite)
  • Dentes fraturados
  • Componentes de implante dentário mal encaixados
  • Raízes e pedaços de dentes dentro do osso e gengiva
  • Tratamento de canal infeccionado
  • Implante dentário infeccionado
  • Enxerto ósseo contaminado

Quais são os sintomas do abscesso no dente?

Além do abscesso se caracterizar pela presença de pus, existem outros sintomas que podem estar relacionados, são eles:

  • Dor latejante e persistente em um dente ou gengiva;
  • Dor nos dente ao morder;
  • Vermelhidão, sensibilidade, sangramento e inchaço nas gengivas;
  • Febre;
  • Linfonodos cervicais inchados;
  • Descoloração dentária;
  • Mau hálito ou gosto desagradável na boca;
  • Ferida aberta e escorrendo nas gengivas.

Como é o tratamento do abscesso no dente?

Diagnóstico

Primeiramente você pode realizar alguns exames para confirmar a presença do abscesso no dente, alguns são:

  • Teste de percussão: O dente com abscesso geralmente é muito sensível ao toque ou à pressão e, dessa forma, você pode pressionar a região para determinar o nível de dor do seu paciente;
  • Radiografia: Outro exame é a radiografia ou uma tomografia computadorizada (exames de imagem) que podem ser utilizados para identificar um abscesso;
  • Exames laboratoriais: Se o tratamento inicial for realizado com antibióticos e não combater a infecção, você pode coletar uma amostra de pus do abscesso para descobrir que tipo de bactéria está causando a infecção. Esse exame ajudará a identificar um novo plano de tratamento mais eficaz.

Tratamento

Após um melhor conhecimento do abscesso, o dentista indicará o tipo de tratamento, que vai depender da causa da infecção e da gravidade do problema. Dessa forma, os tratamentos realizados podem ser:

  • Tratamento de canal: quando observa que o abscesso atingiu a raiz do dente, o tratamento indicado é o tratamento de canal. Para resolver o problema, é necessário fazer uma drenagem, retirar a polpa infeccionada, limpar o local e fechar o dente com material apropriado.
  • Incisão e drenagem do abscesso: Ao drenar o abscesso, você vai retirar o pus e desinfectar a área afetada com uma solução salina.
  • Extração dentária: quando o tratamento de canal e outras opções de tratamento não resolvem e o problema parece estar muito evoluído, a opção mais viável é a extração do dente infeccionado;
  • Uso de medicamentos: em muitos casos a infecção se espalha para os dentes adjacentes, o uso de medicamento é indicado para conter a contaminação.

Sendo assim, após o tratamento de um abscesso no dente, o prognóstico de recuperação geralmente é bom e satisfatório. Porém, o seu paciente após o tratamento realizado, poderá sentir dor contínua enquanto o inchaço e a inflamação diminuem gradualmente, o que é normal.

Como evitar o abscesso dentário?

O cuidado com a saúde bucal é a principal forma de evitar o abscesso dentário. Sendo assim, vale fazer algumas indicações aos seus pacientes:

  • Invista em higiene bucal: É de suma importância que seu paciente saiba escovar os dentes de forma correta, fazer o uso rotineiro do fio dental, para evitar o risco infecções dentárias e bucais, como doença periodontal e a presença de cárie, evitando o aparecimento do abscesso. 
  • Reduza o uso do açúcar: O açúcar em excesso faz mal ao organismo e é especificamente prejudicial para os dentes. Refrigerantes, doces e outros alimentos ricos em açúcar podem causar cárie, que pode rapidamente se transformar em infecções ou abscessos dentários.
  • Visitas periódicas ao dentista: É necessário que você incentive o seu paciente a frequentar regularmente as consultas, uma vez que se há o acompanhamento dele, caso ocorra um abscesso, você vai conseguir diagnosticar mais rapidamente e iniciar o tratamento adequado quanto antes. Dessa forma, vai evitar o agravamento do quadro do seu paciente.

O abscesso pode provocar a perda do dente?

As consequências do abscesso dentário são um fator que precisam de muita atenção, já que elas são as mesmas provocadas pela periodontite, ou seja, pode haver a destruição do osso e, consequentemente, acarretar a perda de dentes.

Dessa forma, isso acontece porque os nossos dentes estão fixos na boca em função dos tecidos periodontais, como a gengiva, os ligamentos e os ossos. Portanto, quando ocorre o abscesso dentário não tratado, pode ocorrer a perda de ligamento e ossos bucais, o que vai acarretar perda dos dentes, uma vez que eles não têm onde se ligar mais.

Ainda está em dúvida?

Faça o teste gratuito agora por 7 dias.